Exemplos de Textos do Cotidiano - Cartão-postal - Convite - Texto instrucional (injuntivo) - Bilhete - Carta - E-mail - Matéria Português





Cartão-postal

O cartão-postal é formado por um curto texto se comparado ao texto da carta. Os assuntos nele tratados são importantes apenas para os correspondentes, pois são trivialidades, por exemplo, uma explicação acerca da imagem que ilustra o cartão-postal, informações sobre o remetente ou uma correspondência.

É composto pelos seguintes elementos: local, data, vocativo, mensagem (em linguagem formal ou não) e assinatura do emissor. Geralmente o vocativo e a assinatura utilizados no cartão-postal são mais íntimos do que os utilizados na carta e esse fato explica a proximidade entre os correspondentes.

Rio de Janeiro, 20/05/2005.

Renatinha,

A Cidade Maravilhosa é linda. Estou encantada! Andei de bondinho e achei incrível. Estou adorando minha nova cidade e espero você aqui para uma visita. Viu?

Beijos!

Sua amiga
Vivi.




Convite

O convite é o gênero textual que busca chamar alguém para algum evento, por exemplo: festa de confraternização da empresa, aniversários, casamentos, chá de bebê etc. Nele precisa conter qual é o evento, a data, hora e o local em que será realizado.



CONTO COM VOCÊ!

Farei 7 aninhos e desejo que você venha à minha festinha de aniversário.

LOCAL: Rua das Palmeiras, nº 9 – Santo Amaro.
DATA: 27/05/2005.
HORA: 16:00

Não esqueça!

Henrique



Texto instrucional (injuntivo)

Esse tipo textual é muito comum no cotidiano e tem a função de informar instruindo o leitor na execução de determinada tarefa. São textos injuntivos: manuais em geral, bulas de remédio, receitas etc. Assim, todo o texto que dá instruções ao leitor é instrucional. Por essa função, esse texto não traz argumentos, narração ou debates, pois apenas orienta.

Receita de bolo simples

Ingredientes

2 xícaras de açúcar
3 xícaras de farinha de trigo
4 colheres de margarina bem cheias
3 ovos
1 1/2 xícara de leite aproximadamente
1 colher (sopa) de fermento em pó bem cheia

Modo de preparo

Bata as claras em neve e reserve.
Bata bem as gemas com a margarina e o açúcar, acrescente o leite e farinha aos poucos sem parar de bater; por último agregue as claras em neve e o fermento.
Coloque a massa em uma forma grande de furo central untada e enfarinhada.
Asse em forno médio, pré-aquecido, por aproximadamente 40 minutos.
Quando espetar um palito e sair limpo estará assado.



Bilhete

O gênero textual bilhete é utilizado para transmitir uma mensagem curta ou um recado e precisa conter os seguintes elementos: destinatário (a pessoa que receberá o bilhete), mensagem, nome legível do emissor e data.

Exemplo:

Mãe,

Precisei ir ao shopping pagar uma prestação. Retorno às 17 horas.

Rafaela.
25/05/2005.




Carta

A carta integra um serviço postal prestado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) a fim de facilitar o aceso a esses serviços por todas as camadas da população. A carta social é destinada apenas às pessoas físicas, seja remetente ou destinatário e se fora do envelope for colocado a inscrição “carta social” o remetente paga apenas R$ 0,01, entretanto, essa correspondência não pode ultrapassar 10 gramas. Para mais informações acesse a página do Correios.

A carta pessoal é enviada a alguém que você conhece e necessita conter local e data, vocativo, mensagem e emissor.

Exemplo:

        Washington, 25 setembro 1954, sábado.

         Fernando,

         Estou com a impressão meio inventada de que você ficou zangado quando eu disse pelo telefone que não queria que você fosse ao aeroporto. Você ficou de telefonar à 1:30, e não telefonou. Fiquei amolada com a minha falta de cortesia, respondendo à sua gentileza com uma sinceridade ou franqueza que ninguém usa. Você gentilmente mostrou intenção declarada ou vaga de ir ao aeroporto, e eu, que tanto faço questão de não usar a alma na vida diária, pois é até de mau gosto, disse que não. Eu já lhe expliquei o motivo da minha rudeza -o que não a justifica- e explicarei de novo.
         Para mim, sair do Brasil é uma coisa séria e, por mais ‘fina’ que eu queira ser, na hora de ir embora choro mesmo. E não gosto que me vejam assim, embora se trate de lágrima bem-comportada, de lágrima de artista de segundo plano, sem permissão do diretor para arrumar os cabelos… Não é por vaidade de rosto que não gosto que me vejam de olhos vermelhos, é por uma vaidade que, por ser menos frívola, é muito mais pecado: é por orgulho ou altivez ou seja lá o que for -enfim, vaidade mais grave.
         Depois, também, eu me encabulo de estar sempre chegando e indo embora, o que obriga os amigos a um movimento em torno de mim, um movimento que às vezes nem cabe direito na vida deles. Então procuro dispensar a gentileza dos amigos, e facilitar a vida diária de cada um que já é bastante cheia e complicada sem uma ida ao aeroporto.
         Maury diz que eu costumo ter reações pessoais a coisas chamadas ‘de praxe’. Parece que é mesmo verdade. Parece que eu seria capaz de pedir sinceramente a alguém que não apanhasse minha luva caída no chão para não amolar esse alguém, sem entender que incômodo é não apanhá-la, que incômodo é não fazer o que é ‘de praxe’. (O exemplo da luva é só para exagerar, até que deixo apanharem minhas luvas, senão perderia todas…)
         Quanta explicação! E provavelmente você nem ficou zangado com minha descortesia, provavelmente você não telefonou depois porque estava ocupado. É o que espero que tenha acontecido. Esperando também que você não ria das tolas e inúteis complicações de sua amiga.

Clarice

LISPECTOR, Clarice, SABINO, Fernando. Cartas perto do coração. Dois jovens escritores unidos ante o mistério da criação. 6a ed. São Paulo, Rio de Janeiro: Record, 2007, p.118.



E-mail

Na contemporaneidade, a maioria das pessoas opta por enviar e-mail e essa palavra serve tanto para denominar uma mensagem enviada via internet ou um endereço eletrônico de alguém.

Exemplo:

-----Mensagem original---

De: Keli Young [mailto:keyoung@jeunex.com.fr]
Enviada em: quinta-feira, 4 de novembro de 2004 22:10
Para: Carolmat@zoom.com.br
Assunto: c já Sab nehh!!

Oiiiiiiiiiiii caroooooooollllll!!!!!

c eh amiga pra todas as horas... c eh o serzinhu maaaais tudu desse mundoo...



Ti amuuuu MTU!!!!!!!!... nunca vo t esueceeee di vdd!!!... c marcoo mtooo minha vida... e meuu*nada acontece por acaso*... c já sab nehh!!!

daki t conto dpois... paris eh um barato... o ape eh mto legau... as guria são 10... conheci um fofo de Sampa no aviao... ahUAHuahu... nem t conto... mtu mtu mtu td...

ahUAHuahu jah fui nu cena....... eh xou!!!!...... td mtu!!!!!!! Num a torre ainda..............

eu tava mexendo no meu pc aki hj e... Carol do céu!!!!... axei essa fotenha que c mandou ano passado... eh a foto mais feia d todos os tempo..ahUAHuahu..mas tah valendo... nossa...lembra q nesse dia tava uma BANDINHA lah na frent do shopping??.. ahauuHUA.. lembra q a genti tava tentando descer a escada rolante q sob?? ahUAHuahu... só naum lembro qm foi primeiro e levo um chingaum... aIAHuahu... foi td nesse dia..q saudad!!!!... Carol.. c eh taum fofa q eu nunk consigu falar seriaum com c...mas agora eu quero te falar seriaum q eu ti amo mtu mtu mtu... e q c eh MTU importanti pra mim!!!!!!..d verdad!!!!!..manda um abraçaum bem fort pra todas aih!!!.. bjaum!!!!!

Mew te curtu muito... c eh xou!!!

E c ja ta cansada d sabe q eu to aki praa tuudo..pra todas as horasss...

Keli

MORAES, Marco Antônio de (Org.). Antologia da carta no Brasil: me escreva tão logo que possa. São Paulo: Moderna, 2005. p.153.

Repare que no e-mail de Keli muitas palavras foram escritas de maneira diferente da norma-culta da língua portuguesa, entretanto, essa forma de escrever tem se tornado comum entre jovens e adolescentes durantes suas comunicações informais na internet, a essa forma de escrever dá-se o nome de internetês. Vale ressaltar que o uso dessa linguagem somente é permitido em situações informais de uso da língua.

Observe que no próximo exemplo a linguagem utilizada no e-mail já segue um estilo diferente da utilizada por Keli. Desta vez, o poeta Rodrigo Ponts envia um e-mail para seu irmão Ricardo, no ano de 2003, um ano antes de Rodrigo falecer.

Sampa, 6 de abril de 2003.

Rique, meu irmãozinho.

comecemos já-já e aqui-aqui, então,
aquela nossa prometida correspondência,
a q. combinamos antes da minha retomada
da nova-vida-antiga, lembrado?

estava querendo te escrever faz tempo, já,
mas a correria ‘tá bem grande e bem boa,
e quando eu tinha tempo,
estava tão cansado q. preferia dormir um pouco.
mas hj é domingo, meus cinemas naum deram certo, q.
esperei o ônibus mais de uma hora e nada
e acabei desistindo de sair, e fiquei o dia todo em casa,
lendo, principalmente,
q. navegar é preciso e tem muita água pela nossa frente.

tenho tanta-muita coisa pra contaar,
tantos-muitos projetos q. quero começar –
alguns (de estudo) com vc. –,
tantas perguntas e muitas saudades,
q. bem provável esta carta fique sem pé nem cabeça,
ou uma misturada daquelas complicadíssimas.
então, sem planejar nada,
conto o q. primeiro me vem à mente.

[...]

um beijo,
q. eu já ‘tô cansado
e tenho que terminar de ler um texto enorme
(uma peça de teatro do Anchieta).

me escreva tão logo que possa.
beije a mãe, naum esqueça.

MORAES, Marco Antônio de (Org.). Antologia da carta no Brasil: me escreva tão logo que possa. São Paulo: Moderna, 2005. p.37.

Nenhum comentário:

Postar um comentário





Palavras mais buscadas no site:

Trabalhos Escolares Trabalho Escolar Biologia Português Matéria Português Rede Social Dicas de Português História Língua Portuguesa ZOOLOGIA Facebook Memes Trolls Geografia Memes Zuando muito no face Trollando Memes para facebook Escrevendo em redes sociais Dúvidas de Português Educação Física Concursos Públicos Gramática Esportes Concursos Dicas de Concursos Públicos Biografia Química O que é a língua portuguesa Física Questões para Concursos Geologia Informática Questões Enfermagem Geofísica Enem Cartaz Cartazes Manifestações TI Tecnologia Blocos Econômicos e Organizações Internacionais Arte Artes GENÉTICA Sociologia PROUNI SISU Concordância Biografias Dicas Diversos ECOLOGIA Faculdade Universidade Vestibular Matemática Simulado Atualidades Civilizações Protesto CAFTA Seu Trabalho Ortografia QUESTÕES DE Português com Gabarito Literatura Crase Computadores analógicos Curiosidades Esqui Aquático Gramática. História da computação História do hardware Redação Índio EVOLUÇÃO QUESTÕES de Matemática com Gabarito Indígena Resumo Uso da Crase - quando há (ou não) crase Geometria Analítica Livro Plural RACIOCÍNIO LÓGICO Artigos 196 a 200 da Constituição Federal Grafia Hífen Lei n° 8.142 Lei nº 8.080 Organização e Funcionamento do SUS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Com Gabarito Sistema Único de Saúde Autores Geometria Homônimos Parônimos Tecnologia da Informação Uso da vírgula Construções Geométricas Educação Resumos Vírgula Anita Garibaldi Equação da reta Questão de Concurso Reciclagem Sinônimos Verbos Vocativo Aleijadinho Aluísio Azevedo Aposto Avaliação Carta Comunidade Andina Dicionário Emprego Energia Estudar Fast Estudo Analítico do Ponto Estudo da Reta Exercícios Fernando Pessoa Formas variadas de linguagem Futebol Gauchês Ginástica História da Idade Média Idade Média Identidade Imagens para Facebook Inclinação da reta Lei Lei federal Nitrogênio Ortográfico Pedagogia Polo aquático Precisão e adequação vocabular Pronomes Psicologia Publicidade Reforma ortográfica Saúde Significados Tênis de Mesa Uso de por que Verbo Vocabulário por quê porque e porquê Ângulo de inclinação da reta 99 : Salário baixo e injustiça A Estrutura Curricular da Disciplina De Educação Física A Grande Influência da Lua em Nossas Vidas. A guerra civil gaúcha A participação do México no Nafta ACENTUAÇÃO ACENTUAÇÃO GRÁFICA ANARQUIA ASEAN Abandono Acentos Adolf Hitler Advérbios Afonso Pena AlCA x ALBA Alca Alfabeto Alfred Wegener Anatomia comparada Apec Apostila Apostila Concurso Professor Apostila PEB ll Arte Barroca Arte Rupestre Artesanato Arthur Aguiar Artigos Assíria Asteca Astrolábio Atletismo Até onde a Lua influencia a nossa vida? Automação Babilônia Badminton Balonismo Barack Obama Barão de Mauá Barão do Rio Branco Basquetebol Beisebol Benito Mussolini Benjamin Constant Bilhete Biodiversidade Biogeografia Biologia molecular Boxe Brasil - Eleições 2006 CEI – Comunidade dos Estados Independentes CLIMA Cabo de Guerra Caminhada Cana-de-açúcar Capoeira Caratê Caricom Carlos Chagas Carlos Drummond de Andrade Carta Argumentativa Carta comercial Carta de Reclamação Carta de informação Carta de solicitação Carta do leitor Cartaginês Cartão-postal Carvão mineral Casal Castro Alves Celta Charles Chaplin Chico Buarque de Holanda Chinesa - Civilizações Ciclismo Circunferência Clarice Lispector Classificação dos blocos econômicos Claude Debussy Comemoração em outros Países Comparativo entre C e java Comunidade Britânica Comunidade Sul-Americana de Nações Conceito Conceitos Concretismo Consciência Convite Copa 2014 Coreia do Norte e a Coreia do Sul Corrida Crise na Tunísia Cruzadas Crítica DEFENSIVOS AGRÍCOLAS DENSIDADE DESENHO DESMATAMENTO DESTAQUES NO MUNDO DOMESTICAÇÃO Dança Data Comemorativa Data Mining Data Warehouse Decreto nº 7.508 Descrição Desflorestamento Desrespeito com o professor Dia das Mães Dia do Descobrimento do Brasil - 22 de Abril Dicionário Web Direito Administrativo Dom Pedro I Duque de Caxias E-mail ESPÉCIES EM EXTINÇÃO EXPRESSIONISMO Educação no Brasil Educação nota 10 Egípcia Eleição de Dilma Rousseff Energia Solar Enunciação e contexto Escalada Escultura Esgrima Esporte Estrangeirismo Estrangeirismos Estudar é para os fortes Estudo da Circunferência Euclides Evolução da Tecnologia da Informação Exemplos de Textos do Cotidiano Expedições medievais realizadas em nome de Deus FIES FOTOSSÍNTESE Falsos Sinônimos Falta de Vagas Fauna Fenícia Feriados Feudalismo Figuras de estilo Filogenia Filogeografia Filosofia Fisiologia Flora Fly Fishing Formação de blocos econômicos Força de Floriano Fracasso da Alca Francesa Frases em imagens Frescobol Futebol americano Futurismo Fórmula 1 G 20 Financeiro GEO1M1 GEO2M2 Geometria Euclidiana Germânica Geógrafo Geólogo Ginástica Artística Ginástica de trampolim Globalização Glossário Web Golfe Golfo Pérsico Gonçalves Dias Governo x Educação Graciliano Ramos Grafite Grega Grego Grigori Perelman Guerra Guerra Civil Americana Guerra de Secessão Guia Prático Gêneros textuais argumentativos Gêneros textuais do cotidiano Gêneros textuais do universo jornalístico HISTiatÓRIA DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA DA ARTE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃ Heitor Villa-Lobos Hidroginástica História do Futebol História em quadrinhos Homero Homo sapiens Homônimas e Parônimas Hóquei IMPRESSIONISMO Idade Antiga Idade Contemporânea Idade Moderna Importância da mulher na sociedade Inca Indiana Indigena Individualismo Industrialização da China Industrialização e Urbanização Indígena no Brasil Indígenas Inglesa Inglês Ingresso Tardio Inscrições Integração da Venezuela ao Mercosul James Watt Japonesa Jet Ski Jiu Jitsu Jogo de Queimada Jogos Olímpicos Pequim 2008 John Fitzgerald Kennedy José de Alencar Judô Karl Marx Kung-Fu Lima Barreto Linguagem e comunicação Localização do Golfo Pérsico Luiz Gonzaga MEIO AMBIENTE MIGRAÇÕES ANIMAIS MMA Mixed Martial Arts Madeira Mahatma Gandhi Maia Mamíferos Manguezal Medicina Memórias de Computadores Mercosul Mercosul: Países Integrantes Mercúrio (planeta) Mergulho Mesóclise Minas Gerais Missão Científica Espacial Brasileira Mix Útil Modelos de Processadores Modismos Monarquia Monteiro Lobato Moralismo Morfologia Mundo Summary Musculação Médicos Nado Sincronizado Natação Neologismo Neologismos O milênio da mulher O que é Educação Física? OEA OLAP OMC ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS - LEI 8080/90 E 8142/90 ORIGAMI Op-art Opep Opinião Os livros são um oceano infinito de conhecimento PEB ll POLUIÇÃO Paleontologia Parkour Pedro Bandeira Pedro Álvares Cabral Pensamentos Persa Perímetros Pesquisa Pessoa Piaget Pintura Placa tectônica Planejamento e Gerência de Projeto de Software Planície Pleonasmo Pontuação Pop Art Portugal Povos indígenas Presidentes da República do Brasil Primavera Árabe Princesa Isabel Professor Professor trollando aluno que não estuda Pronomes átonos Prosa Naturalista Prova Pré-História Próclise QUALIDADE DE VIDA QUESTÕES DE Português Acentuação Com Gabarito QUESTÕES DE Português Crase com Gabarito Questão do Mensalão Questões de Português Ortografia com Gabarito R$9 RENASCIMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL ROCOCÓ Racismo Ranking Mundial de Educação Rapa-Nui Rebelião Popular Rede municipal de saúde Redundância Relacionamento Remo Repetência Reservas indígenas no Brasil Respeite o Professor Respostas Resumo de Livro Revolta da Armada Revolta da Vacina Revolta na Líbia Revolta no Egito Revolução Federalista Revolução Francesa Robô Romana Romero Britto Russa SADC Saltos Ornamentais Semânticas Seriados Sintaxe Sismo Sistema Operacional Sistemática Skate Squash Subjuntivo Suméria Surfe Tabelas Cruzadas e DrillDown Taekwondo Teatro Terremoto Texto instrucional (injuntivo) The Vampire Diaries Tigres Asiáticos Tipos de Frase Triathlon Turca Turfe Tênis Unasul União Europeia União Européia Urbanização da China Urânio Uso do Hífen (Novo Acordo Ortográfico) Verbo Auxiliar Verbos Abundantes Verbos Anômalos Verbos Defectivos Verbos Regulares e Irregulares Verbos Transitivos Verbos de Ligação Verdades e mentiras sobre o conflito das Coreias Vida de professo Viking Voleibol Voleibol de Praia Volumes Water Bike Xadrez Xenofobia Xilogravura Zuando na escola 2013 dúvida léxico regionalismo saúde no Brasil tempo verbal toma dicionário na cara variante linguística Árabe - Civilizações Áreas Ângulos Ênclise