Abelhas


DEDICATÓRIA
AOS MEUS PAIS
“De vocês  que  recebi o Dom  mais  precioso  do  universo:  A vida. Inspiraram-me  a certeza de suas presenças e a segurança de seus passos guiando os meus.
Carinho  de  suas  vozes,  a  esperança  dos   seus  sorrisos,   o    conforto de  suas  lágrimas,  o  brilho dos  seus  olhares  me  fez tão grande quanto o amor de vocês por mim.
Se eu  pudesse lhes fazer eternos  ...  eternos eu lhes faria.
A vocês, pais, não mais  que com justiça, dedico este trabalho”.

AGRADECIMENTOS
A  DEUS

“Grandes  foram  as  lutas,  maiores  as   vitórias.
Sempre estiveste comigo.
Muitas vezes,  pensei  que este momento  nunca chegaria. Queria recuar  ou  parar,  no entanto,  O  Senhor  sempre  estava   presente,  fazendo  de minha  fraqueza,  uma  força.
Não  cheguei  ao fim,  mas   ao início  de  mais  uma   caminhada.
Por isso, digo: Obrigado.

(Isaias 55.10-11)

AOS  MEUS PROFESSORES
“Ensinar é crer, acreditar que se pode contribuir para a formação de um caráter e compartilhar de tua própria existência. Aos  meus  professores,  pelas  lições  do  saber,  pela orientação constante,  pela  dedicação,  pelos  elogios  que me fizeram, pela compreensão  e    renúncias    pessoais,    por    repartirem    suas existências, e,  um agradecimento  especial a  minha Professora de Português Lycia Nascimento e ao Professor  Marcos Magoga, pela  valiosa  ajuda na revisão deste trabalho, minha homenagem e gratidão”

METODOLOGIA
Este trabalho é o resultado de onze meses de pesquisa. Procurei fazer tudo de forma clara e compreensiva.
Muitas pesquisas foram feitas, em livros, enciclopédias,  revistas, internet, e, principalmente com a ajuda de profissionais, professores pesquisadores e especialistas no assunto. Visitei apiários e meliponiários, vi na prática como tudo funciona e escrevi  aqui tudo o que aprendi.

AUTOR
Luíza Camelo Freire,  nasceu  em  Recife/PE,  no  dia  06 de abril de 1989, atualmente estuda na sétima série do ensino fundamental II. 
Desde os primeiros anos escolares já demonstrava sua habilidade para a pesquisa, que despertava a atenção da professora. Sempre foi uma boa aluna e elogiada pelos professores. Concluiu em 2001 o nível intermediário do curso de inglês.

SUMÁRIO
                           PARTE  I
                Introdução 11
                Histórico 12
01.          Abelhas sociais 14
01.1.       Abelhas solitárias 14
01.2.       Abelhas parasitas 15
02.          A importância das abelhas 15
03.          A rainha e o vôo nupcial 17
03.1.       A Rainha 17
03.2.       O vôo nupcial 18
04.          Como nascem as abelhas 21
05.          Os zangões 22
06.          As operárias 23
07.          Ciclo evolutivo das abelhas 26
08.          Como trazem o alimento 27
09.          Anatomia das abelhas 28
09.1.       A cabeça 28
09.2.       O tórax 30
09.3.       O abdome 31
10.          Comunicação das abelhas 33
10.1.       Comunicação das espécies 33
11.          As abelhas e a polinização 34
12.          Produtos e alimento das abelhas 35
12.1.       O mel 35
12.1.1.    Sabor e coloração do mel 36
12.1.2.    Nutrientes do mel 37
12.1.3.    Composição química do mel 37
12.1.4.    Composições do mel 38
12.1.5.    Umidade do mel 39
12.2.       O pólen 40
12.3.       A  geléia real 41
12.3.1.    Como conservar a geléia real 42
12.4.       A própolis 42
12.5.       Apitoxina – O veneno das abelhas 44
12.6.       A cera 44
13.          Apicultura & Meliponicultura 45
14.          Apicultura e a história 45
15.          O apiário 46
16.         Apicultura migratória ou móvel 47
17.         Criação, vestimenta e utensílios 48
17.1.      Vestimenta 48
17.2.      Utensílios 50
17.2.1. . Fumegador 50
17.2.2.   Como preparar e aplicar a fumaça 50
17.2.3.   Formão do apicultor 51
17.2.4.   Espanador 51
17.2.5.   Facas e garfos desoperculadores 51
17.2.6.   Pegador de quadros 51
17.2.7.   Centrífugas 52
17.2.8.   Outros equipamentos 52
18.         A colméia 52
18.1.      Tipos de colméia 53
19.         O espaço abelha 54
20.         Tela excluídora 55
21.         O alvado 55
22.         Escolha do local para o apiário 55
23.         A água 57
24.         A flora das abelhas com ferrão 58
25.         Construções das colméias 60
26.         Início da criação de abelhas 60
27.         Captura do enxame 61
28.         Manejo das abelhas com ferrão 64
29.         A inspeção da colméia 65
30.         O que verificar nas caixas 66
31.         Processo de enxameagem 68
32.         Estrutura dos ninhos 70
33.         Nidificação 71
34.         Desenvolvendo o apiário 71
35.         Alimentação artificial das abelhas 72
36.         Fortalecendo a família 73
37.         Multiplicação das colméias 75
38.         Como saber qual é a rainha 76
39.         Plantas tóxicas para as abelhas 78
40.         Doenças das abelhas 79
41.         Inimigos das abelhas 81
41.1.      Formigas 81
41.2.      Aranhas 82
41.3.      Pássaros 82
41.4.      Piolho das abelhas 82
41.5.      Ratos 83
41.6.      Sapos e rãs 83
41.7.      Percevejos 83
41.8.      Traças da cera 84
41.9.      Outras abelhas 84
41.10.    Patos e angolinhas 84
42.         O que fazer em casos de acidentes 85
                       PARTE  II 87
43.        Abelhas sem ferrão –  importância 88
43.1.     Introdução 88
44.        Meliponicultura – abelhas s/ ferrão 90
45.        Por que criar abelhas sem ferrão? 90
46.        Quem são essas abelhas? 91
47.        Instalação do Meliponário 93
47.1.     Tipos de caixas racionais 93
48.        Ferramentas do dia a dia 93
48.1.     Formão 94
48.2.     Faca, espátula 94
48.3.     Mangueira 94
49.        Escolha do local para criar 94
50.        Escolha da espécie 95
51.        Manejo do meliponário 96
51.1.     Povoamento do meliponário 96
51..2.     Captura e atração de enxames 97
51.3.     Divisão de colônias 97
51.3.1.  Divisão em trigonas 99
51.3.2.. Divisão de meliponas 99
51.4.     Revisão das caixas 100
51.5.     Coleta e conservação do mel 101
52.        Cuidados gerais 102
53.        Conheça algumas abelhas nativas 103
53.1.     Mirim preguiça 103
53.2.     Guaraipo 104
53.3.     Manduri   104
53.4.     Mandaçaia 104
53.5.     Iraí 104
53.6.     Jataí da terra 105
53.7.     Mirim guaçu 105
54.        Flora das abelhas nativas 105
55.        Abelhas exóticas 106
56.        Curiosidades sobre as abelhas 109
57.        Mel  & culinária/Receitas 110
58.        Dúvidas mais comuns 114
59.        Dicionário 121
60..        Conclusão 126
61.        Bibliografia 127


INTRODUÇÃO
             As abelhas chegaram ao Brasil, através dos Jesuítas que estabeleceram suas missões no século XVIII, nos territórios que hoje fazem fronteira entre o Brasil e o Uruguai e no noroeste do Rio Grande do Sul. Essas abelhas, provavelmente se espalharam pelas matas quando os jesuítas foram expulsos dessas regiões. 
Em 1839 o padre Antonio Aureliano mandou vir colméias de Portugal e instalo-as no Rio de Janeiro. Em 1841 já haviam mais de 200 colméias instaladas na Quinta Imperial. Em 1845, colonizadores alemães trouxeram abelhas da Alemanha (as espécies Nigra e Apis mellifera) e iniciaram a apicultura nos estados do Sul. 
            Entre 1870 a 1880, Frederico Hanemann trouxe abelhas italianas (Apis mellifera lingüística) para o Rio Grande do Sul. Em 1895, o padre Amaro Van Emelen trouxe abelhas da Itália para o nosso Estado, Pernambuco.
Em 1906, Emílio Schenk também importou abelhas italianas, porém vindas da Alemanha. Com certeza, além destas, muitas outras abelhas devem ter sido trazidas para o Brasil por imigrantes e viajantes procedentes da Europa, mas, não houve registro desses fatos. É bom registrar que atualmente existem no Brasil, muitas abelhas africanizadas.  Assim, iniciou-se a apicultura no Brasil, assunto que detalharemos mais adiante, no decorrer de nosso trabalho.


HISTÓRICO
      A Abelha é um inseto que pertence a ordem dos himenópteros e a família dos apídeos ou apidae. Existem milhares de espécies, entretanto, são conhecidas cerca de vinte mil espécies diferentes. As abelhas do gênero Apis mellifera são as melhores para a polinização, ajudando a agricultura na produção de mel, geléia real, cera, própolis e pólen.
As abelhas são insetos sociais que vivem em colônias. Antes mesmo do surgimento do homem na Terra, elas já existiam. Exerceram importante papel entre egípcios, gregos e romanos. 
            No Egito, existe até hoje a dança típica chamada “Passo da Abelha”. Na Grécia elas eram valorizadas no comércio e na literatura. Tanto é que as antigas moedas gregas, numa das faces estampavam uma abelha como símbolo de riqueza. Os romanos veneravam-nas como símbolo de admiração e de defesa de território. 
Por muito tempo na França, constituía grande honra receber uma medalha de ouro estampando uma colméia povoada de abelhas douradas. Luís XII, muitas vezes, usava seu pomposo manto real todo bordado de abelhas douradas como sinal de bondade.
Como foram desde os primórdios da humanidade,  símbolo de defesa, riqueza e tema de escritos do sábio Aristóteles, hoje também as abelhas continuam sendo produtoras de alimentos naturais riquíssimos, essenciais para a humanidade. 
            O mel produzido por estas abelhas acha-se espalhada pela Europa, Ásia e África. A apicultura é a técnica de explorar racionalmente os produtos deste inseto e  existe desde o ano 2400 aC.. Os egípcios e gregos desenvolveram as rudimentares técnicas de manejo que só foram aperfeiçoadas no final do século XVII por apicultores como Lorenzo Langstroth (que desenvolveu as bases da apicultura moderna). 
             Inseto trabalhador e disciplinado, que convive num sistema de muita organização. Em cada colméia existem cerca de 60 mil abelhas e cada colônia é constituída por uma única rainha, dezenas de zangões e milhares de operárias. Elas podem ser consideradas de acordo com seus hábitos ou outras conveniências, em três categorias: sociais, solitárias e parasitas. 
            Em nossa pesquisa apresentamos prioridade as abelhas sociais que segundo cientistas servem  de exemplo para o homem. 
É importante sabermos que as abelhas importadas (Apis mellífera) para o Brasil são as abelhas com ferrão, as quais, possuem veneno (apitoxina) e as abelhas nativas (abelhas indígenas) são as abelhas sem ferrão, estas, são mais dóceis e não possuem veneno. As abelhas com ferrão produzem mais mel que as nativas, por isso elas são preferidas pelos apicultores. As nativas, ou seja, as que não têm ferrão, produzem menos mel e são economicamente inviáveis. Aquele que as cria são  chamados de meliponicultores, na maioria dos casos, esta criação é apenas por hobby. A família apidae, a qual pertencem as abelhas, possui duas subfamílias:

01. Meliponinae – São sem ferrão, as chamadas indígenas, vivem em regiões subtropicais e tropicais. Possuem três tribos: Lestrimellitini, Trigonini e Meliponini;

02. Apinae – Encontramos os gêneros Apis e Bombus que possuem ferrão. No gênero Apis tem quatro espécies, entre elas o Apis Mellifera que é a espécie mais utilizada para a produção de mel em todo o mundo. Apesar de nossas abelhas indígenas não possuírem ferrões, elas não são muito utilizadas para a produção de mel, por que, como já dissemos antes, sua produção é baixa em relação as abelhas sociais do grupo das africanizadas;

Apis Mellifera Adansonii – Habitam da África do Sul até o sul do Saara. São abelhas muito agressivas, polinizadoras e enxameadoras. Foram introduzidas no Brasil por volta de 1956;
Apis Mellifera Lingüistica – Chamadas de Abelhas Italianas, são encontradas na Itália e no litoral norte da Iugoslávia. São muito mansas, ficam calmas nos favos quando se faz o manuseio, são pouco enxameadoras. Foram introduzidas no Brasil por volta de 1875/1890;
Apis Mellifera Mellifera – Chamadas também de “Abelhas do Reino”, são encontradas por quase toda a Europa. São muito mansas, mas ficam agitadas durante o manuseio.

01. ABELHAS SOCIAIS  
São as que vivem em enxames, em grande número de indivíduos no mesmo ninho e onde há divisão de trabalho e separação de castas. As castas são os membros da colméia, normalmente uma rainha, zangões e operárias. Embora sejam a minoria dentre as várias espécies, este tipo de abelha, trazem em si o que realmente caracteriza a essência do reino das abelhas. 
Nossa pesquisa e estudo está voltado para as abelhas sociais.



Continuação Parte II (Clique aqui).






FONTE: EDMS – Trabalhos Escolares, Educação & Diversão (ANO 2000 - 2003)


www.trampoescolar.com - Trabalhos Escolares, Educação e Diversão! ENEM, VESTIBULAR, TRABALHOS ESCOLARES DE TODAS AS MATÉRIAS COMO: BIOLOGIA, ED. FÍSICA, FÍSICA, GEOGRAFIA, HISTÓRIA, INFORMÁTICA, LITERATURA, MATEMÁTICA, PORTUGUÊS, QUÍMICA E MUITO MAIS!!!
tudo grátis -> trabalhos escolares prontos, trabalhos feitos, trabalhos acadêmicos, trabalhos universitários, monografias, teses, tcc, trabalho de conclusão de curso, informativos, livros, revistas, artigos, artigos científicos, artigos imparcialistas, documentos de investigações, monografias, resenhas, paper, ensaios, bibliografias, textos, traduções, regras ABNT, Vancouver, digitações, dissertações, projetos, pesquisas, conteúdos para o ensino médio, fundamental, vestibulares e cursos, coletâneas, frases, conclusões, mensagens, citações, temas, textos jornalísticos, gêneros literários, arquivos, relatórios, apostilas, publicações, revisões, anteprojetos, resenhas, orientações, poesias, receitas, doutrinas, plano de negócios. Educação, educacional, escola, escolar, escolres, estudos, estudante, estudando, professor, professora, professores, ensino, ensinar, ensinando, instrução, instruir, instruído, instruindo, educar, educando, eduque. Tudo gratuito, gratuitamente, grátis. geografia, geofísica egeologia. Trabalhos Escolares, normas abnt, trabalhos prontos, monografia, trabalhosescolares, Encontre aqui trabalhos escolares prontos gratis, faca sua pesquisa escolar em milhares de trabalhos prontos e artigos revisados.
Monografia, monografias, trabalhos prontos revisados, tcc tema. Milhares de trabalhos prontos, monografias, teses, tcc .... trabalhos de universidades, resenha, Paper, Ensaio, Bibliografia, Trabalhos Escolares.
Trabalhos Escolares - Cola da Web coladaweb trabalhos-escolares O Cola da Web facilita sua vida escolar e acadêmica ajudando você em suas pesquisas, trabalhos escolares e de faculdade.... O Cola da Web NÃO faz a venda
Cola da Web - Pesquisa Escolar - Trabalhos Escolares Prontos, Encontre aqui trabalhos escolares e acadêmicos prontos grátis, faça sua pesquisa escolar em milhares de artigos, lista de resumos, downloads de livros e Imagens de trabalhos escolares
Brasil Escola - Educação, vestibular, guerras, pedagogias, Trabalho escolar, trabalhos escolar, trabalho pronto escolar, trabalho escolar pronto, biblioteca virtual, educação, escola, apostilas, trabalhos escolares,
Trabalho Escolar - Pesquisas Escolares - Grupo Escolar O Grupo Escolar é um canal de estudos repleto de pesquisas escolares sobre diversos temas. Faça seu trabalho escolar aqui e estude muito!
Trabalhos Escolares - como fazer, orientações, partes de um, trabalho.htm trabalho escolar, como fazer, pequisa, partes, etapas, dicas.
Pesquisa Escolar - Trabalhos Escolares, pesquisa-escolar de beleza indescritível poderia ter inspirado os elogios de Caminha à nova terra. Internet · Universidades. Páginas de Pesquisas. Trabalhos Escolares▻
Monografias Prontas & Trabalhos Prontos Escolares Trabalhos escolares, Trabalhos Prontos e Monografias Prontas para entrega. Elaboramos trabalhos escolares, monografias prontas, trabalhos prontos e Trabalhos de Qualidade Prontos, Assistência a Qualquer Trabalho, TrabalhosFeitos - Trabalhos Escolares e Acadêmicos Prontos; Trabalhos, TrabalhosFeitos é uma crescente comunidade de trabalhos escolares e Anúncio relacionado a trabalhos escolares
TCCs Prontos Exclusivos trabalhosprontos Pesquisas relacionadas a trabalhos feitos trabalhos prontos trabalhos feitos anhanguera trabalhos feitos em casa trabalhos feitos




Palavras mais buscadas no site:

Trabalhos Escolares Trabalho Escolar Biologia Português Matéria Português Rede Social Dicas de Português História Língua Portuguesa ZOOLOGIA Facebook Memes Trolls Geografia Memes Zuando muito no face Trollando Memes para facebook Escrevendo em redes sociais Dúvidas de Português Educação Física Concursos Públicos Gramática Esportes Concursos Dicas de Concursos Públicos Biografia Química O que é a língua portuguesa Física Questões para Concursos Geologia Informática Questões Enfermagem Geofísica Enem Cartaz Cartazes Manifestações TI Tecnologia Blocos Econômicos e Organizações Internacionais Arte Artes GENÉTICA Sociologia PROUNI SISU Concordância Biografias Dicas Diversos ECOLOGIA Faculdade Universidade Vestibular Matemática Simulado Atualidades Civilizações Protesto CAFTA Seu Trabalho Ortografia QUESTÕES DE Português com Gabarito Literatura Crase Computadores analógicos Curiosidades Esqui Aquático Gramática. História da computação História do hardware Redação Índio EVOLUÇÃO QUESTÕES de Matemática com Gabarito Indígena Resumo Uso da Crase - quando há (ou não) crase Geometria Analítica Livro Plural RACIOCÍNIO LÓGICO Artigos 196 a 200 da Constituição Federal Grafia Hífen Lei n° 8.142 Lei nº 8.080 Organização e Funcionamento do SUS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Com Gabarito Sistema Único de Saúde Autores Geometria Homônimos Parônimos Tecnologia da Informação Uso da vírgula Construções Geométricas Educação Resumos Vírgula Anita Garibaldi Equação da reta Questão de Concurso Reciclagem Sinônimos Verbos Vocativo Aleijadinho Aluísio Azevedo Aposto Avaliação Carta Comunidade Andina Dicionário Emprego Energia Estudar Fast Estudo Analítico do Ponto Estudo da Reta Exercícios Fernando Pessoa Formas variadas de linguagem Futebol Gauchês Ginástica História da Idade Média Idade Média Identidade Imagens para Facebook Inclinação da reta Lei Lei federal Nitrogênio Ortográfico Pedagogia Polo aquático Precisão e adequação vocabular Pronomes Psicologia Publicidade Reforma ortográfica Saúde Significados Tênis de Mesa Uso de por que Verbo Vocabulário por quê porque e porquê Ângulo de inclinação da reta 99 : Salário baixo e injustiça A Estrutura Curricular da Disciplina De Educação Física A Grande Influência da Lua em Nossas Vidas. A guerra civil gaúcha A participação do México no Nafta ACENTUAÇÃO ACENTUAÇÃO GRÁFICA ANARQUIA ASEAN Abandono Acentos Adolf Hitler Advérbios Afonso Pena AlCA x ALBA Alca Alfabeto Alfred Wegener Anatomia comparada Apec Apostila Apostila Concurso Professor Apostila PEB ll Arte Barroca Arte Rupestre Artesanato Arthur Aguiar Artigos Assíria Asteca Astrolábio Atletismo Até onde a Lua influencia a nossa vida? Automação Babilônia Badminton Balonismo Barack Obama Barão de Mauá Barão do Rio Branco Basquetebol Beisebol Benito Mussolini Benjamin Constant Bilhete Biodiversidade Biogeografia Biologia molecular Boxe Brasil - Eleições 2006 CEI – Comunidade dos Estados Independentes CLIMA Cabo de Guerra Caminhada Cana-de-açúcar Capoeira Caratê Caricom Carlos Chagas Carlos Drummond de Andrade Carta Argumentativa Carta comercial Carta de Reclamação Carta de informação Carta de solicitação Carta do leitor Cartaginês Cartão-postal Carvão mineral Casal Castro Alves Celta Charles Chaplin Chico Buarque de Holanda Chinesa - Civilizações Ciclismo Circunferência Clarice Lispector Classificação dos blocos econômicos Claude Debussy Comemoração em outros Países Comparativo entre C e java Comunidade Britânica Comunidade Sul-Americana de Nações Conceito Conceitos Concretismo Consciência Convite Copa 2014 Coreia do Norte e a Coreia do Sul Corrida Crise na Tunísia Cruzadas Crítica DEFENSIVOS AGRÍCOLAS DENSIDADE DESENHO DESMATAMENTO DESTAQUES NO MUNDO DOMESTICAÇÃO Dança Data Comemorativa Data Mining Data Warehouse Decreto nº 7.508 Descrição Desflorestamento Desrespeito com o professor Dia das Mães Dia do Descobrimento do Brasil - 22 de Abril Dicionário Web Direito Administrativo Dom Pedro I Duque de Caxias E-mail ESPÉCIES EM EXTINÇÃO EXPRESSIONISMO Educação no Brasil Educação nota 10 Egípcia Eleição de Dilma Rousseff Energia Solar Enunciação e contexto Escalada Escultura Esgrima Esporte Estrangeirismo Estrangeirismos Estudar é para os fortes Estudo da Circunferência Euclides Evolução da Tecnologia da Informação Exemplos de Textos do Cotidiano Expedições medievais realizadas em nome de Deus FIES FOTOSSÍNTESE Falsos Sinônimos Falta de Vagas Fauna Fenícia Feriados Feudalismo Figuras de estilo Filogenia Filogeografia Filosofia Fisiologia Flora Fly Fishing Formação de blocos econômicos Força de Floriano Fracasso da Alca Francesa Frases em imagens Frescobol Futebol americano Futurismo Fórmula 1 G 20 Financeiro GEO1M1 GEO2M2 Geometria Euclidiana Germânica Geógrafo Geólogo Ginástica Artística Ginástica de trampolim Globalização Glossário Web Golfe Golfo Pérsico Gonçalves Dias Governo x Educação Graciliano Ramos Grafite Grega Grego Grigori Perelman Guerra Guerra Civil Americana Guerra de Secessão Guia Prático Gêneros textuais argumentativos Gêneros textuais do cotidiano Gêneros textuais do universo jornalístico HISTiatÓRIA DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA DA ARTE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃ Heitor Villa-Lobos Hidroginástica História do Futebol História em quadrinhos Homero Homo sapiens Homônimas e Parônimas Hóquei IMPRESSIONISMO Idade Antiga Idade Contemporânea Idade Moderna Importância da mulher na sociedade Inca Indiana Indigena Individualismo Industrialização da China Industrialização e Urbanização Indígena no Brasil Indígenas Inglesa Inglês Ingresso Tardio Inscrições Integração da Venezuela ao Mercosul James Watt Japonesa Jet Ski Jiu Jitsu Jogo de Queimada Jogos Olímpicos Pequim 2008 John Fitzgerald Kennedy José de Alencar Judô Karl Marx Kung-Fu Lima Barreto Linguagem e comunicação Localização do Golfo Pérsico Luiz Gonzaga MEIO AMBIENTE MIGRAÇÕES ANIMAIS MMA Mixed Martial Arts Madeira Mahatma Gandhi Maia Mamíferos Manguezal Medicina Memórias de Computadores Mercosul Mercosul: Países Integrantes Mercúrio (planeta) Mergulho Mesóclise Minas Gerais Missão Científica Espacial Brasileira Mix Útil Modelos de Processadores Modismos Monarquia Monteiro Lobato Moralismo Morfologia Mundo Summary Musculação Médicos Nado Sincronizado Natação Neologismo Neologismos O milênio da mulher O que é Educação Física? OEA OLAP OMC ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS - LEI 8080/90 E 8142/90 ORIGAMI Op-art Opep Opinião Os livros são um oceano infinito de conhecimento PEB ll POLUIÇÃO Paleontologia Parkour Pedro Bandeira Pedro Álvares Cabral Pensamentos Persa Perímetros Pesquisa Pessoa Piaget Pintura Placa tectônica Planejamento e Gerência de Projeto de Software Planície Pleonasmo Pontuação Pop Art Portugal Povos indígenas Presidentes da República do Brasil Primavera Árabe Princesa Isabel Professor Professor trollando aluno que não estuda Pronomes átonos Prosa Naturalista Prova Pré-História Próclise QUALIDADE DE VIDA QUESTÕES DE Português Acentuação Com Gabarito QUESTÕES DE Português Crase com Gabarito Questão do Mensalão Questões de Português Ortografia com Gabarito R$9 RENASCIMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL ROCOCÓ Racismo Ranking Mundial de Educação Rapa-Nui Rebelião Popular Rede municipal de saúde Redundância Relacionamento Remo Repetência Reservas indígenas no Brasil Respeite o Professor Respostas Resumo de Livro Revolta da Armada Revolta da Vacina Revolta na Líbia Revolta no Egito Revolução Federalista Revolução Francesa Robô Romana Romero Britto Russa SADC Saltos Ornamentais Semânticas Seriados Sintaxe Sismo Sistema Operacional Sistemática Skate Squash Subjuntivo Suméria Surfe Tabelas Cruzadas e DrillDown Taekwondo Teatro Terremoto Texto instrucional (injuntivo) The Vampire Diaries Tigres Asiáticos Tipos de Frase Triathlon Turca Turfe Tênis Unasul União Europeia União Européia Urbanização da China Urânio Uso do Hífen (Novo Acordo Ortográfico) Verbo Auxiliar Verbos Abundantes Verbos Anômalos Verbos Defectivos Verbos Regulares e Irregulares Verbos Transitivos Verbos de Ligação Verdades e mentiras sobre o conflito das Coreias Vida de professo Viking Voleibol Voleibol de Praia Volumes Water Bike Xadrez Xenofobia Xilogravura Zuando na escola 2013 dúvida léxico regionalismo saúde no Brasil tempo verbal toma dicionário na cara variante linguística Árabe - Civilizações Áreas Ângulos Ênclise