Hélio Oiticica - BIOGRAFIA

Hélio Oiticica


Hélio Oiticica (Rio de Janeiro RJ 1937 - 1980) inicia, junto com o irmão César, estudos de pintura e desenho com Ivan Serpa no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, em 1954. Neste ano, escreve seu primeiro texto sobre artes plásticas; a partir daí o registro escrito de reflexões sobre arte e sua produção torna-se um hábito. Participa do Grupo Frente em 1955 e 1956 e, a partir de 1959, integra o Grupo Neoconcreto. Abandona os trabalhos bidimensionais e se interessa por outras formas de expressão, procurando retirar a pintura do quadro e levá-la para o espaço; cria relevos espaciais, bólides, capas, estandartes, tendas e penetráveis. Em 1964, começa a criar as chamadas manifestações ambientais. Na abertura da mostra Opinião 65, no MAM / RJ, protesta quando seus amigos integrantes da escola de samba Mangueira são impedidos de entrar, sendo expulso do museu. Realiza, então, uma manifestação coletiva em frente do museu, na qual os Parangolés são vestidos pelos amigos sambistas. Participa das mostras Opinião 66 e Nova Objetividade Brasileira, apresentando, nesta última, a manifestação ambiental Tropicália. Em 1968, realiza no Aterro do  Flamengo a manifestação coletiva Apocalipopótese, da qual fazem parte seus Parangolés, os Ovos de Lygia Pape e o Dog’s Act de Rogério Duarte. Em 1969, realiza na Whitechapel Gallery, em Londres, o que chama de Whitechapel Experience, apresentando o projeto Éden. Vive em Nova York durante a maior parte da década de 70, período no qual é bolsista da Fundação Guggenheim, participa da mostra Information, no MoMa, e retorna ao Brasil em 1978. Em 1981, é criado no Rio de Janeiro o Projeto Hélio Oiticica, destinado a preservar, analisar e divulgar sua obra, dirigido por Lygia Pape, Luciano Figueiredo e Waly Salomão. Entre 1992 e 1997, o Projeto HO realiza uma grande mostra retrospectiva, itinerante pelas cidades de Roterdã (Holanda), Paris (França),  Barcelona (Espanha), Lisboa (Portugal), Mineápolis (Estados Unidos) e Rio de Janeiro. Em 1996, a Secretaria  Municipal de Cultura do Rio de Janeiro funda o Centro de Artes Hélio Oiticica, que pretende abrigar todo o acervo do artista e colocá-lo à disposição do público.



Cronologia

NASCIMENTO / MORTE
1937 - Rio de Janeiro RJ - 26 de julho
1980 - Rio de Janeiro RJ - 22 de março
VIDA FAMILIAR
Pai: José Oiticica Filho, entomologista, pintor, fotógrafo, professor
Irmão: César Oiticica, arquiteto
LOCAIS DE VIDA
1937 / 1947 - Rio de Janeiro RJ
1947 / 1950 - Washington (Estados Unidos)
1950 / 1970 - Rio de Janeiro RJ
1970 / 1978 - Nova York (Estados Unidos)
1978 / 1980 - Rio de Janeiro RJ
FORMAÇÃO
1937 / 1947 - Rio de Janeiro RJ - É educado pela mãe, Angela Oiticica, até os 10 anos, pois seu pai é contra o sistema educacional vigente
1947 / 1950 - Washington (Estados Unidos) - Thompson School
1954 - Rio de Janeiro RJ - Estuda pintura com Ivan Serpa no MAM / RJ
1970 - Nova York (Estados Unidos) - Bolsa de estudo da Fundação Guggenheim
ATIVIDADES EM ARTES
Artista plástico
1952 - Rio de Janeiro RJ - A partir deste ano, escreve peças para teatro
1955 / 1956 - Rio de Janeiro RJ - Integra o Grupo Frente, liderado por Ivan Serpa
1959 - Rio de Janeiro RJ - Liga-se ao Grupo Neoconcreto
1961 - Rio de Janeiro RJ - Projeto Cães de Caça (maquete), no MAM / RJ. O projeto compreende cinco penetráveis, o Poema Enterrado de Ferreira Gullar e o Teatro Integral de Reynaldo Jardim
1963 - Rio de Janeiro RJ - Produção do 1º Bólide B1 (estruturas manipuláveis)
s.d. / 1964 - Rio de Janeiro RJ - Trabalha com o pai no MNBA
1965 - Rio de Janeiro RJ - Expulso do MAM / RJ na abertura da mostra Opinião 65, realiza manifestação coletiva com parangolés na frente do museu, com a presença de integrantes da escola de samba Estação Primeira de Mangueira
1967 - Rio de Janeiro RJ - Por ocasião da mostra Nova Objetividade Brasileira, no MAM / RJ, realiza manifestação coletiva com parangolés, capas, poemas de Lygia Pape, com a presença de passistas da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, do público e dos artistas Pedro Escosteguy e Rubens Gerchman
1968 - Rio de Janeiro RJ - Com outros artistas, faz manifestação com o estandarte Seja Marginal, Seja Herói, no Largo General Osório, em Ipanema
1968 - Rio de Janeiro RJ - Realiza no Aterro do Flamengo a manifestação coletiva Apocalipopótese, com Lygia Pape, Antonio Manuel e Rogério Duarte
1968 - Rio de Janeiro RJ - Participa como ator do filme O Câncer, de Glauber Rocha
1969 - Brighton (Inglaterra) - É indicado artista residente na Sussex University
1970 - Rio de Janeiro RJ - Participa do evento coletivo Ogramurbana, organizado por Luiz Otávio Pimentel, no MAM / RJ
1972 - Nova York (Estados Unidos) - Realiza o filme Agripina É Roma Manhattan
1972 - Nova York (Estados Unidos) - Participa do evento coletivo Latin American Fair of Opinion, na St. Clement's Church
1972 - Pamplona (Espanha) - É representado pelo artista Leandro Katz na manifestação Encontros
1975 - Nova York (Estados Unidos) - Participa como ator do filme One Night on Gay Street, de Andreas Valentin
1978 - Rio de Janeiro RJ - Participa como ator do filme Dr. Dionélio, de Ivan Cardoso
1978 - Rio de Janeiro RJ - Realiza o penetrável Tenda-Luz para o filme Gigante da América, de Julio Bressane
1978 - São Paulo SP - Participa do evento Mitos Vadios, organizado por Ivald Granato, em um estacionamento da Rua Augusta. Escreve para o evento o texto Delirium Ambulatorium e realiza performance com o mesmo nome
1979 - Rio de Janeiro RJ - Participa como ator do filme O Segredo da Múmia, de Ivan Cardoso
1979 - Rio de Janeiro RJ - Participa como ator do filme Uma Vez Flamengo, de Ricardo Solberg
1979 - Rio de Janeiro RJ - Realiza o evento Kleemania, para o qual convida vários artistas, no Bairro do Caju
1979 - Rio de Janeiro RJ - Apresenta no Hotel Méridien o Penetrável Rijanviera PN27
1980 - Rio de Janeiro RJ - Realiza o evento Esquenta pro Carnaval, no Morro da Mangueira
ATIVIDADES OUTRAS
1964 - Rio de Janeiro RJ - Torna-se passista da escola de samba Estação Primeira de Mangueira
1965 / 1967 - Rio de Janeiro RJ - Trabalha como telegrafista na Companhia de Rádio Internacional do Brasil
1968 - Rio de Janeiro RJ - Coordena com Rogério Duarte o debate Loucura e Cultura, no MAM / RJ
1969 - Califórnia (Estados Unidos) - Participa com Lygia Clark do 1º International Tactile Sculpture Congress
EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS
1966 - Rio de Janeiro RJ - Individual, na Galeria G4
1967 - Londres (Inglaterra) - Individual, na Signals Gallery
1969 - Londres (Inglaterra) - Hélio Oiticica: retrospectiva, na Whitechapel Gallery
1971 - Rhode Island (Estados Unidos) - Rhodislândia: contact, na Rhode Island University
1972 - São Paulo SP - Hélio Oiticica: metaesquemas, na Galeria Ralph Camargo
1979 - Rio de Janeiro RJ - Penetrável Rijanviera, no Café des Arts do Hotel Meridien
EXPOSIÇÕES COLETIVAS
1954 - Rio de Janeiro - 1ª Grupo Frente, na Galeria Ibeu Copacabana
1955 - Rio de Janeiro RJ - 2ª Grupo Frente, no MAM / RJ
1956 - Resende RJ - 3ª Grupo Frente, no Itatiaia Country Club
1956 - Volta Redonda RJ - 4ª Grupo Frente, na CSN
1956 - São Paulo SP - 1ª Exposição Nacional de Arte Concreta, no MAM / SP
1956 - Montevidéu (Uruguai) - Pintura Brasileña Contemporanea, no Instituto de Cultura Uruguayo-Brasileño
1957 - São Paulo SP - 4ª Bienal Internacional de São Paulo, no MAM / SP
1957 - Buenos Aires (Argentina) - Arte Moderna en Brasil: esculturas, pinturas, dibujos e grabados, no Museo Nacional de Bellas Artes
1957 - Rio de Janeiro RJ - 1ª Exposição Nacional de Arte Concreta, no MAM / RJ
1959 - Rio de Janeiro RJ e Salvador BA - 1ª Exposição de Arte Neoconcreta, no MAM / RJ e no Belvedere da Sé
1959 - São Paulo SP - 5ª Bienal Internacional de São Paulo, no MAM / SP
1960 - Rio de Janeiro RJ - 2ª Exposição de Arte Neoconcreta, no MEC / RJ
1960 - Rio de Janeiro RJ - 9º Salão Nacional de Arte Moderna, no MAM / RJ
1960 - Zurique (Suíça) - Exposição Internacional de Arte Concreta
1961 - São Paulo SP - 3ª Exposição de Arte Neoconcreta, no MAM / SP
1965 - São Paulo SP - 8ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1965 - Rio de Janeiro RJ - Opinião 65, no MAM / RJ
1965 - Londres (Inglaterra) - Soundings Two Exhibit, na Signals Gallery
1966 - Salvador BA - 1ª Bienal Nacional de Artes Plásticas - prêmio especial de pesquisa
1966 - Rio de Janeiro RJ - Opinião 66, no MAM / RJ
1966 - São Paulo SP - Proposta 66, na Faap
1966 - Belo Horizonte MG - Vanguarda Brasileira, na UFMG
1967 - Brasília DF - 4º Salão de Arte Moderna do Distrito Federal, no Teatro Nacional de Brasília
1967 - Paris (França) - 5ª Bienal de Paris
1967 - Tóquio (Japão) - 9ª Bienal de Tóquio
1967 - Rio de Janeiro RJ - Nova Objetividade Brasileira, no MAM / RJ
1967 - Brasília DF - 4º Salão de Arte Moderna do Distrito Federal, no Teatro Nacional de Brasília
1968 - Rio de Janeiro RJ - Bandeiras na Praça, na Praça General Osório
1968 - Rio de Janeiro RJ - O Artista Brasileiro e a Iconografia de Massa, na Esdi
1970 - Rio de Janeiro RJ - Abstração Geométrica: concretismo e neoconcretismo, na Funarte
1970 - Belo Horizonte MG - Do Corpo à Terra, no Palácio das Artes
1970 - Nova York (Estados Unidos) - Information, no MoMA
1972 - Rio de Janeiro RJ - Exposição, no MAM / RJ
1973 - São Paulo SP - Expo-Projeção 73
1976 - São Paulo SP - Arte Brasileira no Século XX: caminhos e tendências, na Galeria de Arte Global
1977 - São Paulo SP - 14ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1977 - São Paulo SP e Rio de Janeiro RJ - Projeto Construtivo Brasileiro na Arte: 1950-1962, na Pesp e no MAM / RJ
1978 - São Paulo SP - O Objeto na Arte: Brasil anos 60, no MAB / Faap
1980 - Rio de Janeiro RJ - Homenagem a Mário Pedrosa, na Galeria Jean Boghici
EVENTOS ITAÚ CULTURAL
1997 - São Paulo SP - Tridimensionalidade na Arte Brasileira do Século XX, no Itaú Cultural
1998 - São Paulo SP - Fronteiras, no Itaú Cultural
1999 - São Paulo SP - Por que Duchamp?, no Paço das Artes / Itaú Cultural
1999 - São Paulo SP e Rio Janeiro RJ - Cotidiano / Arte. O Objeto - Anos 60 / 90, no Itaú Cultural e no MAM / RJ
2001 - São Paulo SP - Trajetória da Luz na Arte Brasileira, no Itaú Cultural
2001 - Belo Horizonte MG - Do Corpo à Terra: um marco radical na arte brasileira, no Itaú Cultural
HOMENAGENS / TÍTULOS / PRÊMIOS
1968 - Rio de Janeiro RJ - Tem seu trabalho documentado nos filmes Arte Pública, de Cirito Martins, e Apocalipopótese, de Raimundo Amado e Leonardo Bartucci
1974 - Nova York (Estados Unidos) - Julio Bressane realiza o filme Lágrima Pantera Míssil
1979 - Rio de Janeiro RJ - Ivan Cardoso realiza o filme HO
1981 - Rio de Janeiro RJ - Criado o Projeto Hélio Oiticica, destinado a preservar a obra do artista
1987 - Rio de Janeiro RJ - Belisário França realiza o vídeo Lygia Clark e Hélio Oiticica
1987 - Nova York (Estados Unidos) - Marcos Bonisson e Tavinho Paes realizam o vídeo H.O.N.Y.
1990 - Rio de Janeiro RJ - César Oiticica Filho e Andreas Valentin realizam o vídeo Hélio Mangueira Oiticica
1996 - Rio de Janeiro RJ - Fundado o Centro de Artes Hélio Oiticica, pela Secretaria Municipal de Cultura
EVENTOS PÓSTUMOS
1981 - Rio de Janeiro RJ - Quase Cinema, na Funarte
1982 - Rio de Janeiro RJ - Contemporaneidade: homenagem a Mário Pedrosa, no MAM / RJ
1984 - São Paulo SP - Coleção Gilberto Chateaubriand: retrato e auto-retrato da arte brasileira, no MAM / SP
1984 - Rio de Janeiro RJ e Volta Redonda RJ - Grupo Frente 1954-1956, na Galeria de Arte Banerj
1984 - Rio de Janeiro RJ - Madeira, Matéria de Arte, no MAM / RJ
1984 - Rio de Janeiro RJ - Neoconcretismo: 1959-1961, na Galeria de Arte Banerj
1984 - Londres (Inglaterra) - Portraits of a Country: brazilian modern art from Gilberto Chateaubriand Collection, na Barbican Art Gallery
1984 - São Paulo SP - Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras, na Fundação Bienal
1985 - Rio de Janeiro RJ - 8º Salão Nacional de Artes Plásticas - Atitudes Contemporâneas: a arte e seus materiais, na Funarte
1985 - Rio de Janeiro RJ - Opinião 65, na Galeria de Arte Banerj
1986 - Resende RJ - Grupo Frente 1954-1956, na Galeria de Arte Banerj
1986 - Rio de Janeiro - JK e os Anos 50: uma visão da cultura e do cotidiano, na Galeria Investiarte
1986 - São Paulo SP - O Q Faço É Música, na Galeria de Arte São Paulo
1986 - Rio de Janeiro RJ - 9º Salão Nacional de Artes Plásticas - Lygia Clak e Hélio Oiticica, no Paço Imperial
1987 - São Paulo SP - 9º Salão Nacional de Artes Plásticas - Lygia Clak e Hélio Oiticica, no MAC / USP
1987 - Rio de Janeiro RJ e São Paulo SP - 1ª Abstração Geométrica: concretismo e neoconcretismo, na Funarte e no MAB / SP
1987 - Rio de Janeiro RJ - Ao Colecionador: homenagem a Gilberto Chateaubriand, no MAM / RJ
1987 - Paris (França) - Modernidade: arte brasileira do século XX, no Musée d´Art Moderne de la Ville de Paris
1987 - São Paulo SP - O Ofício da Arte: pintura, no Sesc
1987 - São Paulo SP - Palavra Imágica, no MAC / USP
1987 - São Paulo SP - Tropicália 20 Anos, no Sesc Pompéia
1988 - Campinas SP - 13º Salão de Arte Contemporânea de Campinas, no MAC / Campinas - homenagem especial
1988 - Nova York (Estados Unidos) - Brazil Projects, no Institute for Art and Urban Resources Inc
1988 - São Paulo SP - MAC 25 Anos: aquisições e doações recentes, no MAC / USP
1988 - São Paulo SP - Modernidade: arte brasileira do século XX, no MAM / SP
1988 - Nova York (Estados Unidos) - The Latin American Spirit: art and artists in the United States: 1920-1970, no Bronx Museum of the Arts
1989 - São Paulo SP - Acervo, na Galeria de Arte São Paulo
1989 - Londres (Inglaterra) - Art in Latin America: the modern era 1920-1980, na Hayward Gallery
1989 - São Paulo SP - Grupo Frente e Metaesquemas, na Galeria de Arte São Paulo
1989 - Rio de Janeiro RJ - Mundo Abrigo, na Galeria 110 Arte Contemporânea
1989 - Rio de Janeiro RJ - Pequenas Grandezas dos Anos 50, no Gabinete de Arte Cleide Wanderley
1989 - El Paso e San Diego (Estados Unidos) e San Juan (Porto Rico) - The Latin American Spirit: art and artists in the United States: 1920-1970, no El Paso Museum of Art, no San Diego Museum of Art e no Instituto de Cultura Puertorriqueña
1990 - Madri (Espanha) - Art in Latin America: the modern era 1920-1980, no Palácio Velázquez
1990 - São Paulo SP - Coerência -Transformação, no Gabinete de Arte Raquel Arnaud
1990 - Rio de Janeiro RJ - Hélio Mangueira Oiticica, na Uerj
1990 - Flórida (Estados Unidos) - The Latin American Spirit: art and artists in the United States: 1920-1970, no Center for the Arts
1991 - São Paulo SP - Construtivismo: arte cartaz 40 / 50 / 60, no MAC / USP
1992 - Poços de Caldas MG - Arte Moderna Brasileira: acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, na Casa da Cultura de Poços de Caldas
1992 - São Paulo SP - Branco Dominante, na Galeria de Arte São Paulo
1992 - Zurique (Suíça) - Brasilien: entdeckung und selbstentdeckung, no Kunsthaus
1992 - Sevilha (Espanha) e Paris (França) - Latin American Artists of the Twentieth Century, na Estación Plaza de Armas e no Centre Georges Pompidou
1992 - Roterdã (Holanda), Paris (França) e Barcelona (Espanha) - Hélio Oiticica: retrospectiva, no Witte de With Center of Contemporary Art, na Galerie National du Jeu de Paume e na Fundació Antoni Tàpies
1993 - São Paulo SP - A Arte Brasileira no Mundo, uma Trajetória: 24 artistas brasileiros, na Dan Galeria
1993 - Rio de Janeiro RJ - Brasil, 100 Anos de Arte Moderna, no MNBA
1993 - Lisboa (Portugal), Mineápolis (Estados Unidos) e Rio de Janeiro RJ - Hélio Oiticica: retrospectiva, no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, no Walker Art Center e no Centro de Arte Hélio Oiticica
1993 - Colônia (Alemanha) e Nova York (Estados Unidos) - Latin American Artists of the Twentieth Century, no Kunsthalle Cologne e no MoMA
1993 - São Paulo SP - O Desenho Moderno no Brasil: Coleção Gilberto Chateaubriand, na Galeria de Arte do Sesi
1994 - São Paulo SP - 22ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1994 - São Paulo SP - Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal - sala especial
1994 - São Paulo SP - Bloco - Experiências in Cosmococa - Programa in Progress, na Galeria de Arte São Paulo
1994 - Rio de Janeiro RJ - O Desenho Moderno no Brasil: Coleção Gilberto Chateaubriand, no MAM / RJ
1994 - Rio de Janeiro RJ - Trincheiras: arte e política no Brasil, no MAM / RJ
1996 - São Paulo SP - Arte Brasileira: 50 anos de história no acervo MAC / USP:1920-1970, no MAC / USP
1996 - São Paulo SP - Desexp(l)os(ign)ição, na Casa das Rosas
1996 - Rio de Janeiro RJ - Tendências Construtivas no Acervo do MAC / USP: construção, medida e proporção, no CCBB
1997 - Kassel (Alemanha) - 10ª Documenta
1997 - Porto Alegre RS - 1ª Bienal de Artes Visuais do Mercosul, na Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul
1997 - Washington D.C. (Estados Unidos) e São Paulo SP - Escultura Brasileira: perfil de uma identidade, no Centro Cultural do BID e no Espaço Cultural Safra
1998 - São Paulo SP - 24ª Bienal Internacional de São Paulo, na Fundação Bienal
1998 - Rio de Janeiro RJ - Arte Brasileira no Acervo do Museu de Arte Moderna de São Paulo: doações recentes 1996-1998, no CCBB
1998 - São Paulo SP - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, no MAM / SP
1998 - Niterói RJ - Espelho da Bienal, no MAC / Niterói
1998 - Rio de Janeiro RJ - Hélio Oiticica e a Cena Americana, no Centro de Artes Hélio Oiticica
1998 - São Paulo SP - O Moderno e o Contemporâneo na Arte Brasileira: Coleção Gilberto Chateaubriand, no Masp
1998 - Los Angeles (Estados Unidos), Viena (Áustria) e Barcelona (Espanha) - Out of Actions Between Performance and the Object: 1949-1979, no Museum of Contemporary Art, no Austrian Museum of Applied Arts e no Museo de Arte Contemporáneo
1998 - Rio de Janeiro RJ - Poéticas da Cor, no Centro Cultural Light
1998 - São Paulo SP - Teoria dos Valores, no MAM / SP
1999 - Brasília DF - LHL: Lygia Clark, Hélio Oiticica, Lygia Pape, na Galeria da CEFl
1999 - Rio de Janeiro RJ - Arte Construtiva no Brasil: Coleção Adolpho Leirner, no MAM / RJ
1999 - Rio de Janeiro RJ - Do Plano ao Espaço, no Centro de Artes Hélio Oiticica
1999 - São Paulo SP - O Brasil no Século da Arte, na Galeria de Arte do Sesi
1999 - Tóquio (Japão) - Out of Actions Between Performance and the Object: 1949-1979, no Hara Museum of Contemporary Art
1999 - Los Angeles (Estados Unidos) - The Experimental Exercise of Freedom, no Museum of Contemporary Art
2000 - São Paulo SP - Brasil + 500 Mostra do Redescobrimento. Arte Contemporânea, na Fundação Bienal
2000 - Rio de Janeiro RJ - Quando o Brasil era Moderno: artes plásticas no Rio de Janeiro de 1905 a 1960, no Paço Imperial
2001 - São Paulo SP - Espelho Cego: seleções de uma coleção contemporânea, no MAM / SP
2001 - Nova York (Estados Unidos) - Brazil: body and soul, no Solomon R. Guggenheim Museum



Contexto


ESCOLAS / MOVIMENTOS
Figurativo: Nova Figuração
Abstrato: Abstração Geométrica
Construtivo: Concretismo, Neoconcretismo
Conceitual: Arte Conceitual
Performático: Parangolé, Arte Plurissensorial
GÊNEROS / TENDÊNCIAS
Composição Abstrata Geométrica, Objeto, Instalação (tropicália), Roupa (parangolé), Composição Figurativa
MARCOS
1954 - Grupo Frente
1956 - Exposição Nacional de Arte Concreta
1959 - Grupo Neoconcreto
1965 - Opinião 65
1966 - Bienal da Bahia
1967 - Nova Objetividade Brasileira
1970 - Do Corpo à Terra
1973 - Expo-Projeção 73



Referências


FONTES DE PESQUISA

AMARAL, Aracy (Org.). Projeto construtivo brasileiro na arte:1950-1962. Rio de Janeiro: MAM, 1977. 357 p.. il.

BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO, 22., 1994, São Paulo. Catálogo geral de participantes. Apresentação Edemar Cid Ferreira. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 1994. 438 p., il. color.

BRITO, Ronaldo. Neoconcretismo:vértice e ruptura do projeto construtivo brasileiro. Tradução Lia Wyler. Rio de Janeiro: Funarte, 1985. 119 p., il. color.

CARDOSO, Ivan. A arte penetrável de Hélio Oiticica. Folha de São Paulo, São Paulo, 16 nov. 1985. p. 48.

FARIAS, Agnaldo. Complexidade e preconceito. Guia das artes, São Paulo, Ano 7, n. 30, p. 26-27, nov. / dez. 1992.

FAVARETTO, Celso. A invenção de Hélio Oiticica.São Paulo: Edusp, 1992. 234 p., il. p&b.

FAVARETTO, Celso. A música nos labirintos de Hélio Oticica. Revista USP, São Paulo, n.4, p. 45-54, dez. / fev. 1989-1990.

FAVARETTO, Celso. Oiticica excêntrico. Guia das artes, São Paulo, Ano7, n. 30, p. 22-25, nov. / dez.1992

GARCIA, Gardênia. O artista da terceira margem. Arte Hoje, Rio de Janeiro, v.2, n.16, p.11-13, out. 1978.

GRUPO frente: I Exposição Nacional de Arte Abstrata: 1954-1956: Hotel Quitandinha-1953. Rio de Janeiro: Galeria de Arte Banerj, 1984. [72] p., il. p&b.

JUSTINO, Maria José. Seja marginal, seja herói:modernidade e pós-modernidade em Hélio Oiticica. Curitiba: UFPR, 1998. 103 p., il. color.

LEITE, José Roberto Teixeira. 500 anos da pintura brasileira. [S.l.]: Log On Informática, 1999. 1 CD-ROM Sonoro.

LEITE, José Roberto Teixeira. Dicionário crítico da pintura no Brasil. Rio de Janeiro: Artlivre, 1988. 555 p., il. color.

LYGIA Clark e Hélio Oiticica. Rio de Janeiro: Sala Terreiro do Paço Imperial. 1986. 123 p., il. color.

MATESCO, Viviane. Corpo-cor em Hélio Oiticica. In: BIENAL INTERNACIONAL DE SÃO PAULO, 24., 1998, São Paulo. Núcleo histórico: antropofagia e histórias de canibalismos. Curadoria Paulo Herkenhoff, Adriano Pedrosa. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo. 1998. p. 386-391.

MODERNIDADE:arte brasileira do século XX. Curadoria Aracy Amaral, Frederico Morais, Roberto Pontual, Marie-Odile Briot; prefácio Celso Furtado; apresentação Pierre Dossa; texto crítico Aracy Amaral; Roberto Pontual. São Paulo: Hamburg, 1988. p. 84.

OITICICA, Hélio. Aspiro ao grande labirinto.Introdução Luciano Figueiredo; Mário Pedrosa; compilação Luciano Figueiredo; Lygia Pape; Wally Salomão. Rio de Janeiro: Rocco, 1986. 134 p., il. p&b.

OITICICA, Hélio. Bases fundamentais para uma definição do parangolé. Arte em revista, São Paulo, ano 5 , n.7, p. 39-44, ago. 1983.

OITICICA, Hélio. Hélio Oiticica.Rio de Janeiro: Centro de Arte Hélio Oiticica. 1997. 277 p., il. color.

OITICICA, Hélio. Hélio Oiticica:Grupo Frente, metaesquemas. São Paulo: Galeria São Paulo. 1989. il. color.

OITICICA, Hélio. O Q faço é música.São Paulo: Galeria de Arte São Paulo, 1986. il.

OPINIÃO 65. Curadoria Frederico Morais; apresentação Frederico Morais. Rio de Janeiro: Galeria de Arte Banerj, 1985. [72] p., il. p&b.

PEDROSA, Mário (Org.); AMARAL, Aracy (Org.). Dos murais de Portinari aos espaços de Brasília. São Paulo: Perspectiva, 1981. 421 p.

PONTUAL, Roberto. Entre dois séculos:arte brasileira do século XX na Coleção Gilberto Chateaubriand. Prefácio Gilberto Chateaubriand; apresentação M. F. do Nascimento Brito. Rio de Janeiro: JB, 1987. 585 p., il. color.

SALOMÃO, WALY. Hélio Oiticica:qual é o parangolé?. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1996. 123 p., il. p&b.

ZANINI, Walter (Org.). História geral da arte no Brasil. São Paulo: Instituto Walther Moreira Salles: Fundação Djalma Guimarães, 1983. v. 2, il. color.


FONTE: EDMS – Trabalhos Escolares, Educação & Diversão

Nenhum comentário:

Postar um comentário





Palavras mais buscadas no site:

Trabalhos Escolares Trabalho Escolar Biologia Português Matéria Português Rede Social Dicas de Português História Língua Portuguesa ZOOLOGIA Facebook Memes Trolls Geografia Memes Zuando muito no face Trollando Memes para facebook Escrevendo em redes sociais Dúvidas de Português Educação Física Concursos Públicos Gramática Esportes Concursos Dicas de Concursos Públicos Biografia Química O que é a língua portuguesa Física Questões para Concursos Geologia Informática Questões Enfermagem Geofísica Enem Cartaz Cartazes Manifestações TI Tecnologia Blocos Econômicos e Organizações Internacionais Arte Artes GENÉTICA Sociologia PROUNI SISU Concordância Biografias Dicas Diversos ECOLOGIA Faculdade Universidade Vestibular Matemática Simulado Atualidades Civilizações Protesto CAFTA Seu Trabalho Ortografia QUESTÕES DE Português com Gabarito Literatura Crase Computadores analógicos Curiosidades Esqui Aquático Gramática. História da computação História do hardware Redação Índio EVOLUÇÃO QUESTÕES de Matemática com Gabarito Indígena Resumo Uso da Crase - quando há (ou não) crase Geometria Analítica Livro Plural RACIOCÍNIO LÓGICO Artigos 196 a 200 da Constituição Federal Grafia Hífen Lei n° 8.142 Lei nº 8.080 Organização e Funcionamento do SUS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Com Gabarito Sistema Único de Saúde Autores Geometria Homônimos Parônimos Tecnologia da Informação Uso da vírgula Construções Geométricas Educação Resumos Vírgula Anita Garibaldi Equação da reta Questão de Concurso Reciclagem Sinônimos Verbos Vocativo Aleijadinho Aluísio Azevedo Aposto Avaliação Carta Comunidade Andina Dicionário Emprego Energia Estudar Fast Estudo Analítico do Ponto Estudo da Reta Exercícios Fernando Pessoa Formas variadas de linguagem Futebol Gauchês Ginástica História da Idade Média Idade Média Identidade Imagens para Facebook Inclinação da reta Lei Lei federal Nitrogênio Ortográfico Pedagogia Polo aquático Precisão e adequação vocabular Pronomes Psicologia Publicidade Reforma ortográfica Saúde Significados Tênis de Mesa Uso de por que Verbo Vocabulário por quê porque e porquê Ângulo de inclinação da reta 99 : Salário baixo e injustiça A Estrutura Curricular da Disciplina De Educação Física A Grande Influência da Lua em Nossas Vidas. A guerra civil gaúcha A participação do México no Nafta ACENTUAÇÃO ACENTUAÇÃO GRÁFICA ANARQUIA ASEAN Abandono Acentos Adolf Hitler Advérbios Afonso Pena AlCA x ALBA Alca Alfabeto Alfred Wegener Anatomia comparada Apec Apostila Apostila Concurso Professor Apostila PEB ll Arte Barroca Arte Rupestre Artesanato Arthur Aguiar Artigos Assíria Asteca Astrolábio Atletismo Até onde a Lua influencia a nossa vida? Automação Babilônia Badminton Balonismo Barack Obama Barão de Mauá Barão do Rio Branco Basquetebol Beisebol Benito Mussolini Benjamin Constant Bilhete Biodiversidade Biogeografia Biologia molecular Boxe Brasil - Eleições 2006 CEI – Comunidade dos Estados Independentes CLIMA Cabo de Guerra Caminhada Cana-de-açúcar Capoeira Caratê Caricom Carlos Chagas Carlos Drummond de Andrade Carta Argumentativa Carta comercial Carta de Reclamação Carta de informação Carta de solicitação Carta do leitor Cartaginês Cartão-postal Carvão mineral Casal Castro Alves Celta Charles Chaplin Chico Buarque de Holanda Chinesa - Civilizações Ciclismo Circunferência Clarice Lispector Classificação dos blocos econômicos Claude Debussy Comemoração em outros Países Comparativo entre C e java Comunidade Britânica Comunidade Sul-Americana de Nações Conceito Conceitos Concretismo Consciência Convite Copa 2014 Coreia do Norte e a Coreia do Sul Corrida Crise na Tunísia Cruzadas Crítica DEFENSIVOS AGRÍCOLAS DENSIDADE DESENHO DESMATAMENTO DESTAQUES NO MUNDO DOMESTICAÇÃO Dança Data Comemorativa Data Mining Data Warehouse Decreto nº 7.508 Descrição Desflorestamento Desrespeito com o professor Dia das Mães Dia do Descobrimento do Brasil - 22 de Abril Dicionário Web Direito Administrativo Dom Pedro I Duque de Caxias E-mail ESPÉCIES EM EXTINÇÃO EXPRESSIONISMO Educação no Brasil Educação nota 10 Egípcia Eleição de Dilma Rousseff Energia Solar Enunciação e contexto Escalada Escultura Esgrima Esporte Estrangeirismo Estrangeirismos Estudar é para os fortes Estudo da Circunferência Euclides Evolução da Tecnologia da Informação Exemplos de Textos do Cotidiano Expedições medievais realizadas em nome de Deus FIES FOTOSSÍNTESE Falsos Sinônimos Falta de Vagas Fauna Fenícia Feriados Feudalismo Figuras de estilo Filogenia Filogeografia Filosofia Fisiologia Flora Fly Fishing Formação de blocos econômicos Força de Floriano Fracasso da Alca Francesa Frases em imagens Frescobol Futebol americano Futurismo Fórmula 1 G 20 Financeiro GEO1M1 GEO2M2 Geometria Euclidiana Germânica Geógrafo Geólogo Ginástica Artística Ginástica de trampolim Globalização Glossário Web Golfe Golfo Pérsico Gonçalves Dias Governo x Educação Graciliano Ramos Grafite Grega Grego Grigori Perelman Guerra Guerra Civil Americana Guerra de Secessão Guia Prático Gêneros textuais argumentativos Gêneros textuais do cotidiano Gêneros textuais do universo jornalístico HISTiatÓRIA DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA DA ARTE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃ Heitor Villa-Lobos Hidroginástica História do Futebol História em quadrinhos Homero Homo sapiens Homônimas e Parônimas Hóquei IMPRESSIONISMO Idade Antiga Idade Contemporânea Idade Moderna Importância da mulher na sociedade Inca Indiana Indigena Individualismo Industrialização da China Industrialização e Urbanização Indígena no Brasil Indígenas Inglesa Inglês Ingresso Tardio Inscrições Integração da Venezuela ao Mercosul James Watt Japonesa Jet Ski Jiu Jitsu Jogo de Queimada Jogos Olímpicos Pequim 2008 John Fitzgerald Kennedy José de Alencar Judô Karl Marx Kung-Fu Lima Barreto Linguagem e comunicação Localização do Golfo Pérsico Luiz Gonzaga MEIO AMBIENTE MIGRAÇÕES ANIMAIS MMA Mixed Martial Arts Madeira Mahatma Gandhi Maia Mamíferos Manguezal Medicina Memórias de Computadores Mercosul Mercosul: Países Integrantes Mercúrio (planeta) Mergulho Mesóclise Minas Gerais Missão Científica Espacial Brasileira Mix Útil Modelos de Processadores Modismos Monarquia Monteiro Lobato Moralismo Morfologia Mundo Summary Musculação Médicos Nado Sincronizado Natação Neologismo Neologismos O milênio da mulher O que é Educação Física? OEA OLAP OMC ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS - LEI 8080/90 E 8142/90 ORIGAMI Op-art Opep Opinião Os livros são um oceano infinito de conhecimento PEB ll POLUIÇÃO Paleontologia Parkour Pedro Bandeira Pedro Álvares Cabral Pensamentos Persa Perímetros Pesquisa Pessoa Piaget Pintura Placa tectônica Planejamento e Gerência de Projeto de Software Planície Pleonasmo Pontuação Pop Art Portugal Povos indígenas Presidentes da República do Brasil Primavera Árabe Princesa Isabel Professor Professor trollando aluno que não estuda Pronomes átonos Prosa Naturalista Prova Pré-História Próclise QUALIDADE DE VIDA QUESTÕES DE Português Acentuação Com Gabarito QUESTÕES DE Português Crase com Gabarito Questão do Mensalão Questões de Português Ortografia com Gabarito R$9 RENASCIMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL ROCOCÓ Racismo Ranking Mundial de Educação Rapa-Nui Rebelião Popular Rede municipal de saúde Redundância Relacionamento Remo Repetência Reservas indígenas no Brasil Respeite o Professor Respostas Resumo de Livro Revolta da Armada Revolta da Vacina Revolta na Líbia Revolta no Egito Revolução Federalista Revolução Francesa Robô Romana Romero Britto Russa SADC Saltos Ornamentais Semânticas Seriados Sintaxe Sismo Sistema Operacional Sistemática Skate Squash Subjuntivo Suméria Surfe Tabelas Cruzadas e DrillDown Taekwondo Teatro Terremoto Texto instrucional (injuntivo) The Vampire Diaries Tigres Asiáticos Tipos de Frase Triathlon Turca Turfe Tênis Unasul União Europeia União Européia Urbanização da China Urânio Uso do Hífen (Novo Acordo Ortográfico) Verbo Auxiliar Verbos Abundantes Verbos Anômalos Verbos Defectivos Verbos Regulares e Irregulares Verbos Transitivos Verbos de Ligação Verdades e mentiras sobre o conflito das Coreias Vida de professo Viking Voleibol Voleibol de Praia Volumes Water Bike Xadrez Xenofobia Xilogravura Zuando na escola 2013 dúvida léxico regionalismo saúde no Brasil tempo verbal toma dicionário na cara variante linguística Árabe - Civilizações Áreas Ângulos Ênclise