A Evolução Histórica do Estudo das Reações Nucleares

No ano de 1896, teve início a história nuclear, com o descobrimento da radioatividade pelo físico francês Henri Becquerel, que identificou o urânio. Algum tempo mais tarde o casal Marie e Pierre Curie, identificaram outros dois elementos radioativos, o polônio e o rádio. Em 1911, o físico neozelandês Ernest Rutherford formulou a teoria da estrutura atômica. Através desta teoria, pode ser evidenciada a dificuldade existente de obter uma reação entre núcleos, devido à força de repulsão elétrica. Entretanto, o próprio Rutherford, em 1919, realizou uma experiência de desintegração utilizando a emissão de partículas alfa de alta energia, e desta forma conseguiu pela primeira vez obter a reação de fissão nuclear.

Nas reações similares as de Rutherford, foi observada a existência de outra partícula, que só veio a ser descoberta por J.Chadwick em 1932, o nêutron. Com a descoberta do nêutron, o modelo básico da estrutura atômica estava completo. Após sua descoberta os nêutrons foram muito estudados, e, pode-se observar que o nêutron tem grande facilidade de penetrar nos núcleos e desestabilizá-los. Porém, os nêutrons rápidos não tinham a mesma eficiência, o que levou o físico italiano, Enrico Fermi, a desenvolver em 1934 um método eficaz de frear os nêutrons rápidos, fazendo-os atravessar uma substância que continha elementos leves, como a água e a parafina.

Desde este período até o ano de 1938, várias reações nucleares foram observadas. Neste mesmo ano o pesquisadores alemães Otto Hahn eFritz Strassman, conseguiram calcular a energia desprendida na reação de fissão. Nesta mesma época, no ano de 1939, outros dois pesquisadores alemães, Lise Mietner e Otto R. Frisch, revelaram que a fissão nuclear era uma fonte de energia altamente concentrada, e verificaram que havia a possibilidade de desprender grandes quantidades de energia. Esta descoberta foi comunicada ao pesquisador Niels Bohr, que a mostrou nos Estados Unidos para Albert Einstein e outros pesquisadores. No mesmo mês, Niels Bohr encontrou-se com Enrico Fermi, que sugeriu que os nêutrons deveriam ser liberados nesta reação. E se realmente isso acontecesse e mais de um nêutron fosse liberado estes poderiam ser utilizados para provocar novas reações, e desta forma obter uma reação em cadeia.

Devido a este acontecimento, e das experiências realizadas aliadas às novas teorias da mecânica e eletrodinâmica quântica, e, também, da teoria da relatividade, foi criado um novo ramo de conhecimento da natureza chamado de física nuclear, que teve início com a descoberta do nêutron em 1932.

A física nuclear, aliada às novas tecnologias de metalurgia e engenharias, possibilitaram o desenvolvimento da energia nuclear.

Foi então que, no ano de 1942, teve início a era nuclear. Na tarde do dia 2 de dezembro daquele ano, um grupo de pesquisadores daria início a uma nova etapa do desenvolvimento humano. Na Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, a equipe do físico Enrico Fermi, havia realizado a primeira liberação e controle simultâneos de energia do núcleo atômico, obtendo uma reação auto-sustentada. Apesar do experimento ter sido batizado como "Pilha de Fermi", na verdade o CP-1 foi o primeiro reator nuclear a fissão da história, com a liberação de 0,5 W de energia.

A partir deste fato, surgia um novo ramo da engenharia chamado de engenharia nuclear, o qual tinha como finalidade o desenvolvimento de técnicas de reatores nucleares para uso comercial. No início os estudos eram voltados apenas para o desenvolvimento de técnicas e materiais úteis para os reatores a fissão, a engenharia de fissão, acredita-se que em breve exista também a engenharia de fusão.
Infelizmente a energia nuclear foi utilizada para fins militares na construção de bombas de alto poder destrutivo no ano de 1945, durante a Segunda Guerra Mundial. O desenvolvimento da bomba atômica foi realizado em Los Alamos, nos Estados Unidos, sob a direção do pesquisador Robert Oppenheimer, responsável pelo projeto Manhattan.

A evolução da física de plasmas, aliada ao desenvolvimento das teorias e técnicas da física nuclear, abriram caminho para a fusão nuclear. A partir do ano de 1929, quando o físico inglês Robert R. Atkinson e o alemão Fritz Houtermans descobriram qual a fonte de energia do Sol, estava lançado o novo desafio, construir um Sol na Terra. No ano de 1938, quando reações de fusão responsáveis pela energia das estrelas foram descritas, pelo pesquisador Hans Albrecht Bethe, reforçou-se este desafio.
Neste mesmo período surgiu a idéia de construir máquinas capazes de gerar plasmas. A primeira construção para estudo da fusão termonuclear controlada ocorreu em 1934 por W. H. Benett, que sugeriu o fenômeno "pinch" no plasma. O pesquisador L. Tonks no ano de 1939, verificou o efeito pinch no plasma, o qual era o responsável por contrair uma coluna de plasma com alta corrente elétrica, na direção radial, devido à interação da corrente elétrica com o campo magnético por ela criado.

Durante a Segunda Guerra pouco progresso foi realizado, embora os estudos de David Bohm no âmbito do projeto Manhattan tenham lançado as bases para o estudo de questões fundamentais, tais como a difusão anômala em plasmas confinados magnéticamente.

Alguns anos mais tarde os pesquisadores que continuaram seus estudos de confinamento de plasmas, iniciaram uma nova etapa de confinamento magnético de plasmas. No ano de 1950 o russo Andrei Sakarov teve a idéia de construir uma máquina onde o confinamento do plasma fosse mais eficiente, e com isto pudesse permanecer com o plasma "aceso" por mais tempo, talvez até que ocorresse a fusão. O processo de confinamento de extremos fechados, na forma toroidal, possibilitou o desenvolvimento e a construção dos primeiros tokamaks no fim dos anos 50. Desde esta época o mundo vem tentando obter a fusão termonuclear controlada com base em máquinas de confinamento toroidal. Centenas de máquinas foram construídas, entretanto muitas dificuldades foram encontradas, o que impossíbilitou a construção efetiva de um reator.

Durante o período de construção destas máquinas, pode se observar fases distintas de evolução, que podem ser separadas em três.

Na primeira fase, havia a necessidade de se testar todos os conceitos, e surgiram diversos tipos de máquinas, como os Teta-Pinchs, Z-Pinchs, Stellarators, Tokamaks, Espelhos magnéticos, Cúspides magnéticas, Esferomaks, entre outros, todos envolvendo o uso de máquinas relativamente pequenas. Foi um tempo onde havia a esperança de obter a produção de energia facilmente. Entretanto, constatou-se que a física de plasmas era mais complicado de entender e o estado da matéria, plasma, muito mais difícil de se manipular. Com o esforço dos pesquisadores, alguns experimentos se destacaram. E, então, no ano de 1968, foram divulgados resultados promissores com uma máquina russa, o Tokamak T-3, desenvolvido pela equipe do pesquisador russo Lev Artsimovich. Este fato fez com que se iniciasse a segunda fase de pesquisas.

Na segunda fase de pesquisas o experimento do tipo Tokamak foi adotado como a principal máquina para o estudo da fusão. A partir deste fato surgiu a primeira geração de tokamaks no mundo, dentre estes, o T-4, T-6, ST, ORMAK, Alcator A, Alcator C, TFR, DITE, FT, JFT-2, JIPP T-II, entre outros.
O entendimento da fisica dos tokamaks proporcionou o início da segunda geração de tokamaks, que foram: o T-10, PLT, PDX, ISX-B, Doublet-III, ASDEX, entre outros.

Durante a década de 1970, a comunidade científica internacional constatou que o aumento gradativo do tamanho dos experimentos e da intensidade de campos magnéticos seria indispensável para obter o conhecimento necessário para se chegar ao reator. Entretanto, os custos cresciam muito rapidamente e inviabilizavam a construção simultânea de um elevado número de projetos de grande porte. Este foi o principal motivo que levou à construção das grandes máquinas atuais, algumas destas com financiamento de vários países. Máquinas como: o TFTR, JET, DIII-D, JT-60U, T-15, TORE SUPRA e o ASDEX-U, as quais tiveram início de construção nos anos 80. O aparecimento desta geração de tokamaks marcou a mudança para a terceira fase de pesquisas em fusão, a qual se estende até os dias atuais.

No entanto, os esforços da comunidade de fusão para alcançar a reação auto-sustentada parece apontar para uma nova fase de pesquisas. Foi com este intuito que teve início o projeto ITER (International Thermonuclear Experimental Reactor), que deve ser construído com o apoio financeiro do Estados Unidos, Comunidade Européia, Japão e Rússia. Estados Unidos, Comunidade Européia, Japão e Rússia.




 FONTE: EDMS – Trabalhos Escolares, Educação & Diversão (ANO 2000 - 2003)

Nenhum comentário:

Postar um comentário





Palavras mais buscadas no site:

Trabalhos Escolares Trabalho Escolar Biologia Português Matéria Português Rede Social Dicas de Português História Língua Portuguesa ZOOLOGIA Facebook Memes Trolls Geografia Memes Zuando muito no face Trollando Memes para facebook Escrevendo em redes sociais Dúvidas de Português Educação Física Concursos Públicos Gramática Esportes Concursos Dicas de Concursos Públicos Biografia Química O que é a língua portuguesa Física Questões para Concursos Geologia Informática Questões Enfermagem Geofísica Enem Cartaz Cartazes Manifestações TI Tecnologia Blocos Econômicos e Organizações Internacionais Arte Artes GENÉTICA Sociologia PROUNI SISU Concordância Biografias Dicas Diversos ECOLOGIA Faculdade Universidade Vestibular Matemática Simulado Atualidades Civilizações Protesto CAFTA Seu Trabalho Ortografia QUESTÕES DE Português com Gabarito Literatura Crase Computadores analógicos Curiosidades Esqui Aquático Gramática. História da computação História do hardware Redação Índio EVOLUÇÃO QUESTÕES de Matemática com Gabarito Indígena Resumo Uso da Crase - quando há (ou não) crase Geometria Analítica Livro Plural RACIOCÍNIO LÓGICO Artigos 196 a 200 da Constituição Federal Grafia Hífen Lei n° 8.142 Lei nº 8.080 Organização e Funcionamento do SUS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Com Gabarito Sistema Único de Saúde Autores Geometria Homônimos Parônimos Tecnologia da Informação Uso da vírgula Construções Geométricas Educação Resumos Vírgula Anita Garibaldi Equação da reta Questão de Concurso Reciclagem Sinônimos Verbos Vocativo Aleijadinho Aluísio Azevedo Aposto Avaliação Carta Comunidade Andina Dicionário Emprego Energia Estudar Fast Estudo Analítico do Ponto Estudo da Reta Exercícios Fernando Pessoa Formas variadas de linguagem Futebol Gauchês Ginástica História da Idade Média Idade Média Identidade Imagens para Facebook Inclinação da reta Lei Lei federal Nitrogênio Ortográfico Pedagogia Polo aquático Precisão e adequação vocabular Pronomes Psicologia Publicidade Reforma ortográfica Saúde Significados Tênis de Mesa Uso de por que Verbo Vocabulário por quê porque e porquê Ângulo de inclinação da reta 99 : Salário baixo e injustiça A Estrutura Curricular da Disciplina De Educação Física A Grande Influência da Lua em Nossas Vidas. A guerra civil gaúcha A participação do México no Nafta ACENTUAÇÃO ACENTUAÇÃO GRÁFICA ANARQUIA ASEAN Abandono Acentos Adolf Hitler Advérbios Afonso Pena AlCA x ALBA Alca Alfabeto Alfred Wegener Anatomia comparada Apec Apostila Apostila Concurso Professor Apostila PEB ll Arte Barroca Arte Rupestre Artesanato Arthur Aguiar Artigos Assíria Asteca Astrolábio Atletismo Até onde a Lua influencia a nossa vida? Automação Babilônia Badminton Balonismo Barack Obama Barão de Mauá Barão do Rio Branco Basquetebol Beisebol Benito Mussolini Benjamin Constant Bilhete Biodiversidade Biogeografia Biologia molecular Boxe Brasil - Eleições 2006 CEI – Comunidade dos Estados Independentes CLIMA Cabo de Guerra Caminhada Cana-de-açúcar Capoeira Caratê Caricom Carlos Chagas Carlos Drummond de Andrade Carta Argumentativa Carta comercial Carta de Reclamação Carta de informação Carta de solicitação Carta do leitor Cartaginês Cartão-postal Carvão mineral Casal Castro Alves Celta Charles Chaplin Chico Buarque de Holanda Chinesa - Civilizações Ciclismo Circunferência Clarice Lispector Classificação dos blocos econômicos Claude Debussy Comemoração em outros Países Comparativo entre C e java Comunidade Britânica Comunidade Sul-Americana de Nações Conceito Conceitos Concretismo Consciência Convite Copa 2014 Coreia do Norte e a Coreia do Sul Corrida Crise na Tunísia Cruzadas Crítica DEFENSIVOS AGRÍCOLAS DENSIDADE DESENHO DESMATAMENTO DESTAQUES NO MUNDO DOMESTICAÇÃO Dança Data Comemorativa Data Mining Data Warehouse Decreto nº 7.508 Descrição Desflorestamento Desrespeito com o professor Dia das Mães Dia do Descobrimento do Brasil - 22 de Abril Dicionário Web Direito Administrativo Dom Pedro I Duque de Caxias E-mail ESPÉCIES EM EXTINÇÃO EXPRESSIONISMO Educação no Brasil Educação nota 10 Egípcia Eleição de Dilma Rousseff Energia Solar Enunciação e contexto Escalada Escultura Esgrima Esporte Estrangeirismo Estrangeirismos Estudar é para os fortes Estudo da Circunferência Euclides Evolução da Tecnologia da Informação Exemplos de Textos do Cotidiano Expedições medievais realizadas em nome de Deus FIES FOTOSSÍNTESE Falsos Sinônimos Falta de Vagas Fauna Fenícia Feriados Feudalismo Figuras de estilo Filogenia Filogeografia Filosofia Fisiologia Flora Fly Fishing Formação de blocos econômicos Força de Floriano Fracasso da Alca Francesa Frases em imagens Frescobol Futebol americano Futurismo Fórmula 1 G 20 Financeiro GEO1M1 GEO2M2 Geometria Euclidiana Germânica Geógrafo Geólogo Ginástica Artística Ginástica de trampolim Globalização Glossário Web Golfe Golfo Pérsico Gonçalves Dias Governo x Educação Graciliano Ramos Grafite Grega Grego Grigori Perelman Guerra Guerra Civil Americana Guerra de Secessão Guia Prático Gêneros textuais argumentativos Gêneros textuais do cotidiano Gêneros textuais do universo jornalístico HISTiatÓRIA DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA DA ARTE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃ Heitor Villa-Lobos Hidroginástica História do Futebol História em quadrinhos Homero Homo sapiens Homônimas e Parônimas Hóquei IMPRESSIONISMO Idade Antiga Idade Contemporânea Idade Moderna Importância da mulher na sociedade Inca Indiana Indigena Individualismo Industrialização da China Industrialização e Urbanização Indígena no Brasil Indígenas Inglesa Inglês Ingresso Tardio Inscrições Integração da Venezuela ao Mercosul James Watt Japonesa Jet Ski Jiu Jitsu Jogo de Queimada Jogos Olímpicos Pequim 2008 John Fitzgerald Kennedy José de Alencar Judô Karl Marx Kung-Fu Lima Barreto Linguagem e comunicação Localização do Golfo Pérsico Luiz Gonzaga MEIO AMBIENTE MIGRAÇÕES ANIMAIS MMA Mixed Martial Arts Madeira Mahatma Gandhi Maia Mamíferos Manguezal Medicina Memórias de Computadores Mercosul Mercosul: Países Integrantes Mercúrio (planeta) Mergulho Mesóclise Minas Gerais Missão Científica Espacial Brasileira Mix Útil Modelos de Processadores Modismos Monarquia Monteiro Lobato Moralismo Morfologia Mundo Summary Musculação Médicos Nado Sincronizado Natação Neologismo Neologismos O milênio da mulher O que é Educação Física? OEA OLAP OMC ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS - LEI 8080/90 E 8142/90 ORIGAMI Op-art Opep Opinião Os livros são um oceano infinito de conhecimento PEB ll POLUIÇÃO Paleontologia Parkour Pedro Bandeira Pedro Álvares Cabral Pensamentos Persa Perímetros Pesquisa Pessoa Piaget Pintura Placa tectônica Planejamento e Gerência de Projeto de Software Planície Pleonasmo Pontuação Pop Art Portugal Povos indígenas Presidentes da República do Brasil Primavera Árabe Princesa Isabel Professor Professor trollando aluno que não estuda Pronomes átonos Prosa Naturalista Prova Pré-História Próclise QUALIDADE DE VIDA QUESTÕES DE Português Acentuação Com Gabarito QUESTÕES DE Português Crase com Gabarito Questão do Mensalão Questões de Português Ortografia com Gabarito R$9 RENASCIMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL ROCOCÓ Racismo Ranking Mundial de Educação Rapa-Nui Rebelião Popular Rede municipal de saúde Redundância Relacionamento Remo Repetência Reservas indígenas no Brasil Respeite o Professor Respostas Resumo de Livro Revolta da Armada Revolta da Vacina Revolta na Líbia Revolta no Egito Revolução Federalista Revolução Francesa Robô Romana Romero Britto Russa SADC Saltos Ornamentais Semânticas Seriados Sintaxe Sismo Sistema Operacional Sistemática Skate Squash Subjuntivo Suméria Surfe Tabelas Cruzadas e DrillDown Taekwondo Teatro Terremoto Texto instrucional (injuntivo) The Vampire Diaries Tigres Asiáticos Tipos de Frase Triathlon Turca Turfe Tênis Unasul União Europeia União Européia Urbanização da China Urânio Uso do Hífen (Novo Acordo Ortográfico) Verbo Auxiliar Verbos Abundantes Verbos Anômalos Verbos Defectivos Verbos Regulares e Irregulares Verbos Transitivos Verbos de Ligação Verdades e mentiras sobre o conflito das Coreias Vida de professo Viking Voleibol Voleibol de Praia Volumes Water Bike Xadrez Xenofobia Xilogravura Zuando na escola 2013 dúvida léxico regionalismo saúde no Brasil tempo verbal toma dicionário na cara variante linguística Árabe - Civilizações Áreas Ângulos Ênclise