JAPÃO - Geografia - Um pouco de história... - Clima e Estações do Ano - Transportes - Sistemas de Governo



Geografia
Principais Aspectos:

Área: 377 000 quilômetros quadrados
Idiomas: japonês
Imperador: Akihito
Maiores cidades: Tóquio, Yokohama, Osaka
População: 124 000 000
Primeiro-Ministro: Tomiichi Murayama
Religião: Xintoísmo, Budismo, Cristianismo
Unidade monetária: iene
Limita-se:

Ao Norte pelo mar de Okhotsk, a Leste e Sul pelo Oceano Pacífico, a Oeste pelo mar do Japão, que o separa do Continente Asiático. Tem como principais ilhas, de Nordeste a Sudeste: Hokkaido, Honsho, Shikoku e Kyushu.

A diferença de horário entre Brasil e Japão é de 12 horas.



Um pouco de história...
            O Império japonês foi fundado por volta do ano 660 A.C., mas os primeiros esforços no sentido de uni-lo só tiveram início no ano 1000 D.C. O Budismo é introduzido por volta do século VI, resultado da forte influência chinesa na nação. Durante a Idade Média, floresce um poderoso sistema feudal, apoiado em clãs milenares e guerreiros temíveis (samurais). Durante a Primeira Guerra Mundial, o Japão apodera-se de terras invadidas pela Alemanha, toma a região da Manchúria e declara guerra à China. Na Segunda Grande Guerra, declara guerra aos EUA atacando a base naval de Pearl Harbor em 1941. Rende-se em 1945, depois de sentir o poder de duas bombas atômicas lançadas sobre o seu povo. Em 1947, os vencedores americanos forçam o Imperador a negar sua origem divina e estabelecem um governo na ilha.   Apenas em 1952 a soberania japonesa é restaurada.

            Após a Segunda Guerra, o Japão emerge como uma das mais poderosas economias mundiais e líder incontestável em tecnologia. Posição que ocupa ainda hoje, apesar da relativa crise pela qual atravessa.


Clima e Estações do Ano
           O Japão é um país que possui as 4 estações distintas e bem definidas entre si, cada qual com as suas características marcantes
           A primavera, considerada o marco inicial do ano, começa oficialmente no dia 21 de março e vai até meados de junho. Em março florescem ameixeiras e pessegueiros e a primeira flor da cerejeira "Sakura", símbolo nacional do país e marca registrada da primavera no Japão, floresce na parte sul de Kyushu por volta do dia 20 de março, desabrochando logo após em todas as cerejeiras do país. Além do clima ameno e temperatura estável, principais características da região, a bela paisagem das flores por todo o lugar torna a primavera a mais romântica estação de todas.
          O início do verão é marcado pela estação da chuvas e começa no dia 22 de junho. O "tsuyu", como é chamado, é um fenômeno que ocorre no início do mês de junho, quando as chuvas são constantes e diárias, deixando o índice de umidade e temperatura muito altos no país inteiro, com a exceção de Hokkaido. Com o final do "tsuyu" em meados de julho, o tempo volta a ficar estável mas o calor continua até o final de agosto.
   Após um curto período de chuvas tranqüilas e ocasionais, no final de setembro e início de outubro, o outono, que inicia no dia 23 de setembro, monstra sua verdadeira face com o céu de um azul transparente e um clima de temperatura muito agradável.
   Então, em meados de novembro, as folhas das árvores começam a avermelhar e cair, nos oferecendo um maravilhoso espetáculo, que os japoneses chamam de "Koyô".
   Finalmente, em novembro, os ventos frios do leste trazem consigo o inverno que começa dia 8. Nas áreas que cobrem a costa do Mar do Japão, e nas áreas montanhosas de quase todo o país, ocorrem grandes nevascas, ao contrário das áreas situadas na costa do Pacífico, onde o inverno não é tão rigoroso, com clima ameno e temperatura dificilmente abaixo de zero. Também são raras as precipitações de neve nestas regiões.

Transportes

Trem:
   É o principal meio de transporte no Japão, muito mais que o transporte rodoviário. A malha ferroviária cobre praticamente o país inteiro. Existem vários tipos de trens: "kakuekiteisha", aqueles que param em todas as estações; "jyunkyu", o semi-expressos, "kyuko" e "kaisoku" que são os expressos e os "tokyu", que são os super-expressos.
   As passagens são vendidas nos guichês de atendimento e através de máquinas automáticas. Logo acima das máquinas sempre há um mapa do itinerário dos trens e metrôs, escritos na maioria das vezes em japonês e em letras romanas.
   Basta colocar o valor correspondente à estação de destino e imediatamente receberá a passagem. Se o itinerário estiver escrito apenas em japonês, vá a um guichê mais próximo e compre a passagem do funcionário da estação.
   Crianças de até 12 anos de idade tem o direito a pagar apenas metade do preço normal, enquanto que criança de 0 a 6 anos, acompanhada de um adulto não precisam pagar a passagem.
   Caso você resolva ultrapassar a estação inicialmente prevista, não se preocupe: ao descer basta acertar a diferença na bilheteria ao sair da estação.

Metrô:
   As principais metrópoles japonesas dispõem de sistema de metrô. São elas: Tokyo, Yokohama, Nagoya, Kyoto, Osaka, Kobe, Hakata, Sapporo e Sendai, sendo que somente na cidade de Tokyo existem ao todo 12 linhas de metrô. O sistema de funcionamento e compras de bilhetes é semelhante ao dos três.

Shinkansen:
  
 O trem-bala, mais conhecido como Shinkansen, foi introduzido no país há mais de 30 anos. O percursor dos Shinkansen, que na época ainda não tinha esse nome, foi o expresso Kodama que em 1958 fez o percurso entre Tokyo, Osaka e Kobe, correndo à velocidade de 160 km/h. Hoje a velocidade máxima de um Shinkansen do Japão é de 270 km/h enquanto que na Europa, a média de velocidade alcançada pelos trens balas é de 350 km/h.
   Apesar da velocidade, os trens-balas japoneses são considerados os mais seguros do mundo, e nunca registraram um acidente sequer.
   Os trens-balas percorrem todo país de norte a sul, de Kyushu a Tohoku. Na região ao sul de Tokyo, indo em direção Hakata, em Kyushu, funcionam as linhas do Tokaydo Sanyo Shinkansen, com trens Kodama, que para em todas as estações, Hikari, com paradas limitadas e Nozomi, os expressos especiais sem escala.
   Já ao norte de Tokyo usa se as linhas Tohoku e Joetsu Shinkansen, com destino a Aomori e Niigata, respectivamente. Os trens são os Max, de dois andares, e o Aoba, que param em todas as estações, os Yamabiko, com paradas limitadas e Yamagata, uma continuação do Joetsu Shinkansen que utiliza trilhos de trens normais para irem além de Niigata, indo até Yamagata.
   Usa se um desses quatro tipos de passagens, que diferenciam-se pelo tipo de categoria e, consequentemente, pelo preço: o "jiyuseki", para lugares não reservados, o "shiteiseki", para lugares reservados, os "Green Car", de primeira classe e o "Nozoni", para o expresso especial Nozomi.
   Existem vários vagões para não-fumantes, além de vagões-restaurante, telefones celulares públicos e outros confortos a bordo.
   São vários os tipos de bilhetes para o uso dos Shinkansen, mas não se preocupe, pois ao informar ao funcionário do guichê o tipo de trem que deseja utilizar, lhe serão entregues os bilhetes adequados.
   Essas passagens podem ser adquiridas nos "Midori no Madoguchi" (guichês verdes), existentes na maioria das estações da Japan Railways (JR).

Ônibus:
   Todos os pontos de ônibus estão demarcados com os horários dos ônibus além do destino das linhas. É útil memorizar o nome e a leitura do "kanji" da localidade do ponto de ônibus que normalmente utiliza.
   Existem dois tipos de tarifas dependendo da linha que você for utilizar: a tarifa única e a tarifa por distância percorrida. A tarifa única você paga quando entra no ônibus, e ela é válida para qualquer distância percorrida.
   Quando a tarifa é por distância, você pega um bilhete logo na entrada, que marca o ponto que você pegou o ônibus através de um número. Na saída é só verificar o preço correspondente a esse número, mostrado no painel ao lado do motorista e pagar.
   Além dos ônibus que circulam dentro das cidades, existem ônibus especiais de turismo que percorrem grandes distâncias do norte ao sul do país utilizando as rodovias expressas, que no Japão são muito bem conservadas, com a vantagem do preço que sai mais em conta que o dos trens.
   Você pode adquirir as passagens destes ônibus nos postos de viação, geralmente encontrados dentro de estações de trens ou agências de turismo.

Sistemas de Governo
Shogunato: Na maior parte do período que vai de 1192 até 1868, o governo do Japão foi dominado por comandantes militares denominados Shoguns. A palavra Shogun significa "geral". Na época de domínio dos shoguns, os Imperadores viviam em exclusão e exerciam apenas um papel formal. No Japão, existiram três Shogunatos. O primeiro, fundado por Yoritomo Minamoto em 1192 e durou até 1333; era baseado na cidade de Kamakura. O segundo, dominado pela família Ashikaga, era baseado em Kyoto e durou de 1338 até 1573. O terceiro, foi fundado por Ieyasu Tokugawa. sua sede ficava em Edo (Tóquio moderna), e esteve no poder de 1603 até 1868. por volta de 1860, iniciou-se um movimento que pedia a volta do poder para o Imperador. O último shogun, Yoshinobu Tokugawa, foi forçado a resignar e se render à administração de negócios civis e militares para o Imperador, o que foi chamada "Restauração Meiji".

           Império: Com a tomada do poder pelo príncipe Mutsuhito, que a partir daí, levou o nome de Meiji, que significa: "Iluminou o governo". Com o Imperador no Poder, o Japão tinha um símbolo de unidade nacional. Durante o reinado de Meiji, o Japão formou um poderio industrial, capaz de competir com as nações ocidentais.

           Atualmente: O atual sistema de governo no Japão, é a Monarquia Parlamentarista. O governante do País é o Primeiro Ministro Tomiichi Murayama. 







Acessem o melhor site de pesquisas e trabalhos escolares:

Nenhum comentário:

Postar um comentário





Palavras mais buscadas no site:

Trabalhos Escolares Trabalho Escolar Biologia Português Matéria Português Rede Social Dicas de Português História Língua Portuguesa ZOOLOGIA Facebook Memes Trolls Geografia Memes Zuando muito no face Trollando Memes para facebook Escrevendo em redes sociais Dúvidas de Português Educação Física Concursos Públicos Gramática Esportes Concursos Dicas de Concursos Públicos Biografia Química O que é a língua portuguesa Física Questões para Concursos Geologia Informática Questões Enfermagem Geofísica Enem Cartaz Cartazes Manifestações TI Tecnologia Blocos Econômicos e Organizações Internacionais Arte Artes GENÉTICA Sociologia PROUNI SISU Concordância Biografias Dicas Diversos ECOLOGIA Faculdade Universidade Vestibular Matemática Simulado Atualidades Civilizações Protesto CAFTA Seu Trabalho Ortografia QUESTÕES DE Português com Gabarito Literatura Crase Computadores analógicos Curiosidades Esqui Aquático Gramática. História da computação História do hardware Redação Índio EVOLUÇÃO QUESTÕES de Matemática com Gabarito Indígena Resumo Uso da Crase - quando há (ou não) crase Geometria Analítica Livro Plural RACIOCÍNIO LÓGICO Artigos 196 a 200 da Constituição Federal Grafia Hífen Lei n° 8.142 Lei nº 8.080 Organização e Funcionamento do SUS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Com Gabarito Sistema Único de Saúde Autores Geometria Homônimos Parônimos Tecnologia da Informação Uso da vírgula Construções Geométricas Educação Resumos Vírgula Anita Garibaldi Equação da reta Questão de Concurso Reciclagem Sinônimos Verbos Vocativo Aleijadinho Aluísio Azevedo Aposto Avaliação Carta Comunidade Andina Dicionário Emprego Energia Estudar Fast Estudo Analítico do Ponto Estudo da Reta Exercícios Fernando Pessoa Formas variadas de linguagem Futebol Gauchês Ginástica História da Idade Média Idade Média Identidade Imagens para Facebook Inclinação da reta Lei Lei federal Nitrogênio Ortográfico Pedagogia Polo aquático Precisão e adequação vocabular Pronomes Psicologia Publicidade Reforma ortográfica Saúde Significados Tênis de Mesa Uso de por que Verbo Vocabulário por quê porque e porquê Ângulo de inclinação da reta 99 : Salário baixo e injustiça A Estrutura Curricular da Disciplina De Educação Física A Grande Influência da Lua em Nossas Vidas. A guerra civil gaúcha A participação do México no Nafta ACENTUAÇÃO ACENTUAÇÃO GRÁFICA ANARQUIA ASEAN Abandono Acentos Adolf Hitler Advérbios Afonso Pena AlCA x ALBA Alca Alfabeto Alfred Wegener Anatomia comparada Apec Apostila Apostila Concurso Professor Apostila PEB ll Arte Barroca Arte Rupestre Artesanato Arthur Aguiar Artigos Assíria Asteca Astrolábio Atletismo Até onde a Lua influencia a nossa vida? Automação Babilônia Badminton Balonismo Barack Obama Barão de Mauá Barão do Rio Branco Basquetebol Beisebol Benito Mussolini Benjamin Constant Bilhete Biodiversidade Biogeografia Biologia molecular Boxe Brasil - Eleições 2006 CEI – Comunidade dos Estados Independentes CLIMA Cabo de Guerra Caminhada Cana-de-açúcar Capoeira Caratê Caricom Carlos Chagas Carlos Drummond de Andrade Carta Argumentativa Carta comercial Carta de Reclamação Carta de informação Carta de solicitação Carta do leitor Cartaginês Cartão-postal Carvão mineral Casal Castro Alves Celta Charles Chaplin Chico Buarque de Holanda Chinesa - Civilizações Ciclismo Circunferência Clarice Lispector Classificação dos blocos econômicos Claude Debussy Comemoração em outros Países Comparativo entre C e java Comunidade Britânica Comunidade Sul-Americana de Nações Conceito Conceitos Concretismo Consciência Convite Copa 2014 Coreia do Norte e a Coreia do Sul Corrida Crise na Tunísia Cruzadas Crítica DEFENSIVOS AGRÍCOLAS DENSIDADE DESENHO DESMATAMENTO DESTAQUES NO MUNDO DOMESTICAÇÃO Dança Data Comemorativa Data Mining Data Warehouse Decreto nº 7.508 Descrição Desflorestamento Desrespeito com o professor Dia das Mães Dia do Descobrimento do Brasil - 22 de Abril Dicionário Web Direito Administrativo Dom Pedro I Duque de Caxias E-mail ESPÉCIES EM EXTINÇÃO EXPRESSIONISMO Educação no Brasil Educação nota 10 Egípcia Eleição de Dilma Rousseff Energia Solar Enunciação e contexto Escalada Escultura Esgrima Esporte Estrangeirismo Estrangeirismos Estudar é para os fortes Estudo da Circunferência Euclides Evolução da Tecnologia da Informação Exemplos de Textos do Cotidiano Expedições medievais realizadas em nome de Deus FIES FOTOSSÍNTESE Falsos Sinônimos Falta de Vagas Fauna Fenícia Feriados Feudalismo Figuras de estilo Filogenia Filogeografia Filosofia Fisiologia Flora Fly Fishing Formação de blocos econômicos Força de Floriano Fracasso da Alca Francesa Frases em imagens Frescobol Futebol americano Futurismo Fórmula 1 G 20 Financeiro GEO1M1 GEO2M2 Geometria Euclidiana Germânica Geógrafo Geólogo Ginástica Artística Ginástica de trampolim Globalização Glossário Web Golfe Golfo Pérsico Gonçalves Dias Governo x Educação Graciliano Ramos Grafite Grega Grego Grigori Perelman Guerra Guerra Civil Americana Guerra de Secessão Guia Prático Gêneros textuais argumentativos Gêneros textuais do cotidiano Gêneros textuais do universo jornalístico HISTiatÓRIA DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA DA ARTE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃ Heitor Villa-Lobos Hidroginástica História do Futebol História em quadrinhos Homero Homo sapiens Homônimas e Parônimas Hóquei IMPRESSIONISMO Idade Antiga Idade Contemporânea Idade Moderna Importância da mulher na sociedade Inca Indiana Indigena Individualismo Industrialização da China Industrialização e Urbanização Indígena no Brasil Indígenas Inglesa Inglês Ingresso Tardio Inscrições Integração da Venezuela ao Mercosul James Watt Japonesa Jet Ski Jiu Jitsu Jogo de Queimada Jogos Olímpicos Pequim 2008 John Fitzgerald Kennedy José de Alencar Judô Karl Marx Kung-Fu Lima Barreto Linguagem e comunicação Localização do Golfo Pérsico Luiz Gonzaga MEIO AMBIENTE MIGRAÇÕES ANIMAIS MMA Mixed Martial Arts Madeira Mahatma Gandhi Maia Mamíferos Manguezal Medicina Memórias de Computadores Mercosul Mercosul: Países Integrantes Mercúrio (planeta) Mergulho Mesóclise Minas Gerais Missão Científica Espacial Brasileira Mix Útil Modelos de Processadores Modismos Monarquia Monteiro Lobato Moralismo Morfologia Mundo Summary Musculação Médicos Nado Sincronizado Natação Neologismo Neologismos O milênio da mulher O que é Educação Física? OEA OLAP OMC ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS - LEI 8080/90 E 8142/90 ORIGAMI Op-art Opep Opinião Os livros são um oceano infinito de conhecimento PEB ll POLUIÇÃO Paleontologia Parkour Pedro Bandeira Pedro Álvares Cabral Pensamentos Persa Perímetros Pesquisa Pessoa Piaget Pintura Placa tectônica Planejamento e Gerência de Projeto de Software Planície Pleonasmo Pontuação Pop Art Portugal Povos indígenas Presidentes da República do Brasil Primavera Árabe Princesa Isabel Professor Professor trollando aluno que não estuda Pronomes átonos Prosa Naturalista Prova Pré-História Próclise QUALIDADE DE VIDA QUESTÕES DE Português Acentuação Com Gabarito QUESTÕES DE Português Crase com Gabarito Questão do Mensalão Questões de Português Ortografia com Gabarito R$9 RENASCIMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL ROCOCÓ Racismo Ranking Mundial de Educação Rapa-Nui Rebelião Popular Rede municipal de saúde Redundância Relacionamento Remo Repetência Reservas indígenas no Brasil Respeite o Professor Respostas Resumo de Livro Revolta da Armada Revolta da Vacina Revolta na Líbia Revolta no Egito Revolução Federalista Revolução Francesa Robô Romana Romero Britto Russa SADC Saltos Ornamentais Semânticas Seriados Sintaxe Sismo Sistema Operacional Sistemática Skate Squash Subjuntivo Suméria Surfe Tabelas Cruzadas e DrillDown Taekwondo Teatro Terremoto Texto instrucional (injuntivo) The Vampire Diaries Tigres Asiáticos Tipos de Frase Triathlon Turca Turfe Tênis Unasul União Europeia União Européia Urbanização da China Urânio Uso do Hífen (Novo Acordo Ortográfico) Verbo Auxiliar Verbos Abundantes Verbos Anômalos Verbos Defectivos Verbos Regulares e Irregulares Verbos Transitivos Verbos de Ligação Verdades e mentiras sobre o conflito das Coreias Vida de professo Viking Voleibol Voleibol de Praia Volumes Water Bike Xadrez Xenofobia Xilogravura Zuando na escola 2013 dúvida léxico regionalismo saúde no Brasil tempo verbal toma dicionário na cara variante linguística Árabe - Civilizações Áreas Ângulos Ênclise