Canadá



Canadá


GEOGRAFIA
Nome Oficial: Canadá
Capital: Ottawa
Idioma: inglês e francês (oficiais)
Data Nacional: 1º de julho (Independência)
Nacionalidade: canadense
Moeda: DÓLAR CANADENSE
Tipo de Governo: Monarquia parlamentarista
Religião: cristianismo 83,5% (católicos 45,2%, protestantes 36,4%, ortodoxos 1,9%), judaísmo 1,2%, islamismo 0,9%, budismo 0,6%, hinduísmo 0,6%, sem filiação 12,5%, outras 0,7% (1991)
Continente: AMÉRICA DO NORTE
Localização: norte da América do Norte
Área: 9.970.610,00 Km2
Principais Cidades:  Toronto (4.263.757), Montreal (3.326.510), Vancouver (1.831.665), Ottawa (1.010.498), Edmonton (862.597), Calgary (821.628), Québec (671.889) (aglomerados) (1996)
Total da População (Milhões): 31.1 em 2000  
Composição Étnica: britânicos 40%, franceses 27%, outros europeus 23%, grupos étnicos autóctones 2%, outros 8% (1996)
Mortalidade Infantil: 30.3
Expectativa de Vida: 76/82
IDH: 0.935

DESCRIÇÃO


Segundo maior país do mundo em extensão, atrás apenas da Federação Russa, o Canadá localiza-se no extremo norte da América do Norte e é banhado por três oceanos: o Pacífico, o Atlântico e o Ártico. É a nação com mais elevado índice de desenvolvimento humano (IDH) do planeta. Grande parte da população canadense concentra-se ao longo dos 6 mil km de fronteira com os EUA, no sul. Ali estão os Grandes Lagos e o rio São Lourenço, o mais importante do país. Na parte oeste ficam as Montanhas Rochosas e, no leste, a maioria das principais cidades. O norte é uma vasta região gelada, de lagos, rios largos e sinuosos, vegetação rasteira de tundra e florestas de coníferas, onde neva de seis a nove meses por ano e vivem menos de 2% dos habitantes. O Canadá tem uma economia desenvolvida e diversificada. É o maior produtor mundial de zinco, níquel e urânio. Os EUA são seu principal parceiro comercial e é significativa a participação norte-americana no controle acionário das empresas canadenses. Colonizado inicialmente pela França, passa a ser controlado pelo Reino Unido no século XVIII. A dualidade lingüística e cultural do Canadá mantém-se até hoje e é fonte de conflitos. A província de Québec, que abriga dois terços dos habitantes de língua francesa, reivindica autonomia em relação ao restante da nação. Além dos indígenas e dos inuits (erroneamente chamados de esquimós), também há no país grandes colônias de europeus - poloneses, ucranianos, italianos, portugueses, alemães, escandinavos - e asiáticos de diversas procedências, em virtude das recentes imigrações.

HISTÓRIA & FATOS

A região é descoberta em 1497 por Giovanni Caboto (conhecido também como John Cabot), explorador italiano a serviço do rei inglês Henrique VII. Caboto desembarca próximo a Terranova, na ilha de Newfoundland, e reivindica o território para a Coroa britânica. A colonização, no entanto, tem início com os franceses, em 1554, quando Jacques Cartier chega ao golfo de São Lourenço. Em 1629, os ingleses tentam conquistar Québec - cidade fundada em 1608 -, mas só começam a se instalar na região dos Grandes Lagos em 1717. As tropas da França e da Inglaterra lutam entre si no Canadá por quase 80 anos, como reflexo de seus embates na Europa. Em 1759, as forças inglesas conquistam Québec e, em 1763, um tratado de paz reconhece o controle britânico sobre todo o país. Mesmo derrotados, os colonos franceses preservam seus direitos. A Lei de Québec, de 1774, permite que mantenham sua língua, seus costumes e suas leis civis. Expansão territorial - A expansão para o oeste é impulsionada por caçadores de peles e aventureiros, que exterminam a maior parte dos indígenas, até a chegada da expedição de Alexander Mackenzie à costa do Pacífico, em 1793. Em 1841, o Reino Unido unifica as colônias de Ontario e Québec como província do Canadá. A incorporação dos demais territórios é gradativa. O marco inicial da independência é o British North America Act, de 1867, que cria um Poder Legislativo nos moldes do Parlamento britânico, porém subordinado ao Reino Unido. Após participar da I Guerra Mundial, o Canadá é aceito, em 1919, como membro autônomo da Liga das Nações. A separação completa-se em 1931, quando a subordinação do Parlamento canadense ao britânico é abolida. Separatismo em Québec - As reivindicações por autonomia dos separatistas da província de Québec crescem após a II Guerra Mundial. Em 1969, o Canadá adota o francês como língua oficial, ao lado do inglês. A maioria dos quebequenses, no entanto, rejeita em referendo tanto um projeto de independência (1980) como uma proposta do governo federal de conceder maior autonomia à província (1992). Em 1995, os separatistas são derrotados em novo plebiscito por apenas 50 mil votos de diferença. Após a eleição do líder pró-independência Lucien Bouchard para primeiro-ministro de Québec (cargo equivalente ao de governador), o poder central tenta equilibrar as forças nomeando dois políticos contrários à secessão para seu ministério. A frente anti-separatista de Québec se amplia em março de 1998, quando o conservador Jean Charest renuncia à chefia nacional de seu partido e passa a comandar o Partido Liberal do Canadá (LPC) na província. O LPC obtém 43,7% dos votos nas eleições locais de novembro, e o Partido Quebequense (PQ), de Bouchard, 42,7%. Embora reeleito, Bouchard perde força ao pleitear um novo referendo. Adesão ao Nafta - O país intensifica os laços econômicos com os EUA no governo do conservador Brian Mulroney, iniciado em 1984. O tratado de livre comércio entre as duas nações, assinado em 1988, é o primeiro passo para a adesão canadense ao Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), oficializada em 1994. Altos índices de inflação e desemprego fazem despencar a popularidade de Mulroney, que renuncia em 1993. Nas eleições subseqüentes, seu partido é derrotado, perdendo 153 das 155 cadeiras que possuía no Parlamento. O líder do vitorioso Partido Liberal do Canadá (LPC), Jean Chrétien, torna-se primeiro-ministro e adota uma política de austeridade. O bom desempenho da economia leva Chrétien a antecipar as eleições, realizadas em 1997. O LPC mantém a maioria no Parlamento - embora com uma vantagem de apenas quatro assentos - e os separatistas de Québec perdem o comando da oposição. Chrétien amplia os gastos sociais em 1998, e o desemprego cai para 7,6% em junho de 1999, a menor taxa em nove anos. Em setembro, Chrétien nomeia Adrienne Clarkson, uma refugiada chinesa nascida em Hong Kong que chegou ao Canadá em 1942, como 26ª governadora-geral do Canadá, em substituição a Romeo LeBlanc. Retorno dos seqüestradores - Após longa campanha do governo de Ottawa, a Justiça brasileira expulsa do país e repatria, em novembro de 1998, os cidadãos canadenses David Spencer e Christine Lamont, integrantes do grupo que seqüestrara em São Paulo, em 1989, o empresário Abílio Diniz.

 

Principais Indústrias

As principais indústrias são: automobilística, papel, siderúrgica, maquinário e equipamentos, produtos de alta tecnologia, mineração, extração de combustível fóssil, madeireira e a indústria agrícola.

Exportações

Lideram as exportações os veículos e peças automotivas, maquinário e equipamentos, produtos de alta tecnologia, óleo, gás natural, metais e produtos florestais e agrícolas.

Importações

O país importa maquinário e equipamento industrial, inclusive equipamentos de comunicação e eletrônicos, veículos e peças automotivas, matérias primas industriais (minérios de metal, ferro e aço, metais preciosos, produtos químicos, plásticos, algodão, lã e outros produtos têxteis), assim como produtos manufaturados e alimentos.

Agricultura
    Há séculos a agricultura tem sido  uma força vital na economia canadense, e hoje continua sendo um importante fator para o comércio do Canadá em mercados internacionais. Como um dos principais produtores de alimentos do mundo, o Canadá é mais conhecido por seus excelentes grãos, sementes oleosas, verduras e legumes, carnes e laticínios. As práticas de cultivo, a tecnologia em fertilizantes e forragem e as técnicas em equipamentos e controle contribuem para as abundantes safras e rebanhos do Canadá.
    O setor agrícola canadense consiste-se em aproximadamente 487 000 fazendeiros, que representam cerca de 2% da produção total do país e 3.4% da força de trabalho. Os outros 1.8 milhões ou 15% da força de trabalho total trabalham no processamento de alimentos, serviços alimentícios e indústrias relacionadas ao sistema agro-alimentício. Juntos, eles geram cerca de 8% do PNB do Canadá.

Pecuária

Os Rebanhos

    O Canadá tem grandes rebanhos de gado de corte e leiteiro e de suínos.
    O rebanho de gado de corte conta com mais de 12 milhões de cabeças e é famoso por suas características de crescimento, reprodução e pela qualidade de sua carcaça. A melhoria genética deste tipo de gado tem sido acelerada nos últimos anos, através do uso da inseminação artificial e da transferência embrionária.
    Das 1.8 milhão de vacas leiteiras do Canadá, 85% são da raça Holstein. Cerca de 75% das vacas leiteiras são resultados de reproduções feitas com sêmen congelado. Assim, os criadores canadenses desenvolveram animais famosos por sua produção leiteira e longevidade. A produção média de uma vaca leiteira de raça Holstein, criada sob as condições de controle canadense, é de 7700 litros/ano.
    A produção de suínos excede as 10 milhões de cabeças, das quais cerca de 1.1 milhão são reprodutores. Criados para suportar condições intensivamente desfavoráveis, o suíno canadense é famoso por sua carne quase sem gordura, resistência e qualidade total.
    Os excelentes reprodutores do gado de corte, gado leiteiro e suínos são selecionados para a melhoria dos rebanhos do mundo todo.
    A indústria avícola canadense está distrubuída de acordo com a concentração populacional de cada região. Devido às condições climáticas, as aves são quase que totalmente produzidas em granjas particulares. Com um sistema altamente eficiente e mecanizado, uma pessoa consegue administrar uma granja com capacidade de produção de mais de 1 milhão de dúzias de ovos por ano. Para o abate de aves, uma só pessoa consegue manipular 350 000 frangos por ano, que vão produzir 640 toneladas de carne.

Equipamentos Agrícolas

    A indústria de equipamentos agrícolas fornece uma completa rede de maquinário para o preparo da terra, drenagem, irrigação, criação de rebanhos e produção de laticínios, cultivo de terrenos áridos (dry-faming), manipulação, armazenamento e processamento de grãos, assim como equipamentos para horticultura e colheita de especialidades.
    A indústria é considerada líder mundial de cultivo de terrenos áridos, em tratores grandes de quatro rodas, ceifadeiras e debulhadoras, colheitadeiras de tabaco e exporta mais de 60% da sua produção.

Processamento e Industrialização de Produtos Agrícolas

    O setor de processamento e industrialização de produtos agrícolas, que contribui em 2.3% para o PNB, é um dos cinco principais setores econômicos em termos de embarques e empregos. Também representa um importante mercado para os 290 000 fazendeiros e 100 000 apanhadores de peixes, rendendo $ 25 bilhões em colheitas, rebanhos e peixes por ano.
    Isso, juntamente com $ 5 bilhões em importação de alimentos como a cana-de-açúcar, soja e alimentos tropicais é convertido em $ 55 bilhões de alimentos e vegetais processados. Deste total, $ 12 bilhões são exportados, o que representa 4% do mercado mundial e 8.1% das exportações totais canadenses.
    Em 1991, havia 3100 estabelecimentos de processamento de alimentos no Canadá. Embora mais de 50% dos estabelecimentos estejam localizados em Ontário e Quebec, as operações de processamento são efetuadas em cada uma das províncias e territórios canadenses. Em termos numéricos, os produtos derivados de carne bovina e aves lideram  com 607 estabelecimentos, seguidos por produtos de panificação, grãos, peixes e laticínios, indústria de bebidas, indústria de frutas e vegetais, indústria confeiteira e de outros produtos alimentícios.

Pesquisa e Desenvolvimento

    Os cientistas canadenses estudam todos os aspectos relevantes da produção de rebanhos e safras, em um esforço contínuo de melhorar a criação dos rebanhos, a variedade das safras e a produção.
    A pesquisa sobre o gado de corte, por exemplo, concentra-se na produção de animais com altas taxas de crescimento, excelente qualidade de carcaça, melhor qualidade de forragens e maior tolerância ao frio e adaptação ao clima canadense.
    O Canadá também tem um papel importante no desenvolvimento da irradiação alimentícia segura, uma técnica que destrói bactérias e aumenta o tempo de conservação de produtos agrícolas, ingredientes alimentícios e comida fresca ou congelada.
    A indústria agrícola canadense é próspera. A sua eficiência e alta produtividade são os resultados de pesquisas, tecnologia de reprodução, gerenciamento de fazendas, equipamentos eficientes e serviços de apoio abrangentes de modo a trazer o produto agrícola ao mercado.

Economia & Comércio
    A economia do Canadá é uma das mais brilhantes do mundo. Totalmente integrado no sistema internacional, o Canadá é a oitava maior nação comercial entre as economias industrializadas e um parceiro ativo em investimento internacional.
    A economia do país cresceu cerca de 2,4% em 1993 e o Governo esperava expandí-la a 3.5% em 1994. Apesar de apresentar algumas elevações no começo de 1994, as taxas de juros alcançam baixas históricas. Isto é o reflexo de uma economia estável que, sustentada pela moderação nos salários e ganhos produtivos, é capaz de conceber um crescimento não-inflacionário sustentado.
    O Canadá é uma nação comercial. Cerca de 29.3% da produção total de alimentos e serviços do país são exportados - a maior parte para os Estados Unidos, que é o maior mercado do Canadá, absorvendo 80.3% das exportações canadenses em 1993, e fornecendo 73% das suas mercadorias importadas. Em 1993, as exportações para os Estados Unidos aumentaram em 20%, enquanto as importações dos Estados Unidos cresceram 18%, o que faz o Canadá e os Estados Unidos, reciprocamente, importantes parceiros comerciais .
    Em 1993, as exportações para outros países chegaram a $187.3 bilhões, crescendo $ 24.7 bilhões ou 15.2% em relação a 1992. Este foi o maior crescimento de um ano em relação a outro, desde 1994. As importações totais cresceram $ 21.5 bilhões ou 14.5% em 1993, atingindo $ 169.5 bilhões.

A Evolução da Economia Canadense

    Embora o Canadá seja conhecido como uma rica fonte de matérias-primas e produtos primários, como o trigo, petróleo, madeira e minerais, nos últimos anos a estrutura da economia do país vem mudando.
    Durante os últimos vinte e cinco anos, as exportações de recursos naturais têm se tornado uma parte menos importante do comércio do Canadá, representando cerca de 20% das exportações atuais, contra os 40%, em 1963. Menos de 5.6% da mão-de-obra estão na indústria primária, contra 13%, em 1963. Uma tendência semelhante tem sido observada no setor industrial.
    Como em muitos outros países industriais, tem havido uma mudança no mercado de trabalho em direção às indústrias de serviços (inclusive serviços comunitários, comerciais e pessoais, que hoje empregam dois terços da força de trabalho canadense. Ao mesmo tempo, o crescente papel das atividades baseadas em conhecimento, tanto dentro das indústrias existentes, como em atividades auto-sustentáveis, tem pressionado as indústrias e governos a fortalecerem o treinamento profissional e a promoverem a aquisição de conhecimentos adequados à exigências tecnológicas.


Dados referente ao ano de 2000.




Acessem o melhor site de pesquisas e trabalhos escolares:

Nenhum comentário:

Postar um comentário





Palavras mais buscadas no site:

Trabalhos Escolares Trabalho Escolar Biologia Português Matéria Português Rede Social Dicas de Português História Língua Portuguesa ZOOLOGIA Facebook Memes Trolls Geografia Memes Zuando muito no face Trollando Memes para facebook Escrevendo em redes sociais Dúvidas de Português Educação Física Concursos Públicos Gramática Esportes Concursos Dicas de Concursos Públicos Biografia Química O que é a língua portuguesa Física Questões para Concursos Geologia Informática Questões Enfermagem Geofísica Enem Cartaz Cartazes Manifestações TI Tecnologia Blocos Econômicos e Organizações Internacionais Arte Artes GENÉTICA Sociologia PROUNI SISU Concordância Biografias Dicas Diversos ECOLOGIA Faculdade Universidade Vestibular Matemática Simulado Atualidades Civilizações Protesto CAFTA Seu Trabalho Ortografia QUESTÕES DE Português com Gabarito Literatura Crase Computadores analógicos Curiosidades Esqui Aquático Gramática. História da computação História do hardware Redação Índio EVOLUÇÃO QUESTÕES de Matemática com Gabarito Indígena Resumo Uso da Crase - quando há (ou não) crase Geometria Analítica Livro Plural RACIOCÍNIO LÓGICO Artigos 196 a 200 da Constituição Federal Grafia Hífen Lei n° 8.142 Lei nº 8.080 Organização e Funcionamento do SUS QUESTÕES DE RACIOCÍNIO LÓGICO Com Gabarito Sistema Único de Saúde Autores Geometria Homônimos Parônimos Tecnologia da Informação Uso da vírgula Construções Geométricas Educação Resumos Vírgula Anita Garibaldi Equação da reta Questão de Concurso Reciclagem Sinônimos Verbos Vocativo Aleijadinho Aluísio Azevedo Aposto Avaliação Carta Comunidade Andina Dicionário Emprego Energia Estudar Fast Estudo Analítico do Ponto Estudo da Reta Exercícios Fernando Pessoa Formas variadas de linguagem Futebol Gauchês Ginástica História da Idade Média Idade Média Identidade Imagens para Facebook Inclinação da reta Lei Lei federal Nitrogênio Ortográfico Pedagogia Polo aquático Precisão e adequação vocabular Pronomes Psicologia Publicidade Reforma ortográfica Saúde Significados Tênis de Mesa Uso de por que Verbo Vocabulário por quê porque e porquê Ângulo de inclinação da reta 99 : Salário baixo e injustiça A Estrutura Curricular da Disciplina De Educação Física A Grande Influência da Lua em Nossas Vidas. A guerra civil gaúcha A participação do México no Nafta ACENTUAÇÃO ACENTUAÇÃO GRÁFICA ANARQUIA ASEAN Abandono Acentos Adolf Hitler Advérbios Afonso Pena AlCA x ALBA Alca Alfabeto Alfred Wegener Anatomia comparada Apec Apostila Apostila Concurso Professor Apostila PEB ll Arte Barroca Arte Rupestre Artesanato Arthur Aguiar Artigos Assíria Asteca Astrolábio Atletismo Até onde a Lua influencia a nossa vida? Automação Babilônia Badminton Balonismo Barack Obama Barão de Mauá Barão do Rio Branco Basquetebol Beisebol Benito Mussolini Benjamin Constant Bilhete Biodiversidade Biogeografia Biologia molecular Boxe Brasil - Eleições 2006 CEI – Comunidade dos Estados Independentes CLIMA Cabo de Guerra Caminhada Cana-de-açúcar Capoeira Caratê Caricom Carlos Chagas Carlos Drummond de Andrade Carta Argumentativa Carta comercial Carta de Reclamação Carta de informação Carta de solicitação Carta do leitor Cartaginês Cartão-postal Carvão mineral Casal Castro Alves Celta Charles Chaplin Chico Buarque de Holanda Chinesa - Civilizações Ciclismo Circunferência Clarice Lispector Classificação dos blocos econômicos Claude Debussy Comemoração em outros Países Comparativo entre C e java Comunidade Britânica Comunidade Sul-Americana de Nações Conceito Conceitos Concretismo Consciência Convite Copa 2014 Coreia do Norte e a Coreia do Sul Corrida Crise na Tunísia Cruzadas Crítica DEFENSIVOS AGRÍCOLAS DENSIDADE DESENHO DESMATAMENTO DESTAQUES NO MUNDO DOMESTICAÇÃO Dança Data Comemorativa Data Mining Data Warehouse Decreto nº 7.508 Descrição Desflorestamento Desrespeito com o professor Dia das Mães Dia do Descobrimento do Brasil - 22 de Abril Dicionário Web Direito Administrativo Dom Pedro I Duque de Caxias E-mail ESPÉCIES EM EXTINÇÃO EXPRESSIONISMO Educação no Brasil Educação nota 10 Egípcia Eleição de Dilma Rousseff Energia Solar Enunciação e contexto Escalada Escultura Esgrima Esporte Estrangeirismo Estrangeirismos Estudar é para os fortes Estudo da Circunferência Euclides Evolução da Tecnologia da Informação Exemplos de Textos do Cotidiano Expedições medievais realizadas em nome de Deus FIES FOTOSSÍNTESE Falsos Sinônimos Falta de Vagas Fauna Fenícia Feriados Feudalismo Figuras de estilo Filogenia Filogeografia Filosofia Fisiologia Flora Fly Fishing Formação de blocos econômicos Força de Floriano Fracasso da Alca Francesa Frases em imagens Frescobol Futebol americano Futurismo Fórmula 1 G 20 Financeiro GEO1M1 GEO2M2 Geometria Euclidiana Germânica Geógrafo Geólogo Ginástica Artística Ginástica de trampolim Globalização Glossário Web Golfe Golfo Pérsico Gonçalves Dias Governo x Educação Graciliano Ramos Grafite Grega Grego Grigori Perelman Guerra Guerra Civil Americana Guerra de Secessão Guia Prático Gêneros textuais argumentativos Gêneros textuais do cotidiano Gêneros textuais do universo jornalístico HISTiatÓRIA DA EDUCAÇÃO HISTÓRIA DA ARTE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃ Heitor Villa-Lobos Hidroginástica História do Futebol História em quadrinhos Homero Homo sapiens Homônimas e Parônimas Hóquei IMPRESSIONISMO Idade Antiga Idade Contemporânea Idade Moderna Importância da mulher na sociedade Inca Indiana Indigena Individualismo Industrialização da China Industrialização e Urbanização Indígena no Brasil Indígenas Inglesa Inglês Ingresso Tardio Inscrições Integração da Venezuela ao Mercosul James Watt Japonesa Jet Ski Jiu Jitsu Jogo de Queimada Jogos Olímpicos Pequim 2008 John Fitzgerald Kennedy José de Alencar Judô Karl Marx Kung-Fu Lima Barreto Linguagem e comunicação Localização do Golfo Pérsico Luiz Gonzaga MEIO AMBIENTE MIGRAÇÕES ANIMAIS MMA Mixed Martial Arts Madeira Mahatma Gandhi Maia Mamíferos Manguezal Medicina Memórias de Computadores Mercosul Mercosul: Países Integrantes Mercúrio (planeta) Mergulho Mesóclise Minas Gerais Missão Científica Espacial Brasileira Mix Útil Modelos de Processadores Modismos Monarquia Monteiro Lobato Moralismo Morfologia Mundo Summary Musculação Médicos Nado Sincronizado Natação Neologismo Neologismos O milênio da mulher O que é Educação Física? OEA OLAP OMC ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO DO SUS - LEI 8080/90 E 8142/90 ORIGAMI Op-art Opep Opinião Os livros são um oceano infinito de conhecimento PEB ll POLUIÇÃO Paleontologia Parkour Pedro Bandeira Pedro Álvares Cabral Pensamentos Persa Perímetros Pesquisa Pessoa Piaget Pintura Placa tectônica Planejamento e Gerência de Projeto de Software Planície Pleonasmo Pontuação Pop Art Portugal Povos indígenas Presidentes da República do Brasil Primavera Árabe Princesa Isabel Professor Professor trollando aluno que não estuda Pronomes átonos Prosa Naturalista Prova Pré-História Próclise QUALIDADE DE VIDA QUESTÕES DE Português Acentuação Com Gabarito QUESTÕES DE Português Crase com Gabarito Questão do Mensalão Questões de Português Ortografia com Gabarito R$9 RENASCIMENTO RESPONSABILIDADE SOCIAL ROCOCÓ Racismo Ranking Mundial de Educação Rapa-Nui Rebelião Popular Rede municipal de saúde Redundância Relacionamento Remo Repetência Reservas indígenas no Brasil Respeite o Professor Respostas Resumo de Livro Revolta da Armada Revolta da Vacina Revolta na Líbia Revolta no Egito Revolução Federalista Revolução Francesa Robô Romana Romero Britto Russa SADC Saltos Ornamentais Semânticas Seriados Sintaxe Sismo Sistema Operacional Sistemática Skate Squash Subjuntivo Suméria Surfe Tabelas Cruzadas e DrillDown Taekwondo Teatro Terremoto Texto instrucional (injuntivo) The Vampire Diaries Tigres Asiáticos Tipos de Frase Triathlon Turca Turfe Tênis Unasul União Europeia União Européia Urbanização da China Urânio Uso do Hífen (Novo Acordo Ortográfico) Verbo Auxiliar Verbos Abundantes Verbos Anômalos Verbos Defectivos Verbos Regulares e Irregulares Verbos Transitivos Verbos de Ligação Verdades e mentiras sobre o conflito das Coreias Vida de professo Viking Voleibol Voleibol de Praia Volumes Water Bike Xadrez Xenofobia Xilogravura Zuando na escola 2013 dúvida léxico regionalismo saúde no Brasil tempo verbal toma dicionário na cara variante linguística Árabe - Civilizações Áreas Ângulos Ênclise